<
>

Leila pede que Palmeiras 'coloque pés no chão', diz que não influencia futebol e que vai seguir investindo

play
Comentaristas analisam se parceria Palmeiras-Crefisa rendeu o esperado: 'Está bom, mas podia ser mais' (1:44)

Mesmo com a forte patrocinadora, a equipe paulista ainda não chegou em uma final de Libertadores. (1:44)

Leila Pereira, presidente da Crefisa, patrocinadora do Palmeiras, fez um post no Twitter nesta quinta-feira (29), dois dias após a eliminação do clube da Copa Libertadores, diante do Grêmio.

No depoimento, a empresária fala em momento de reflexão, de colocação dos "pés no chão" e aprendizado com os erros.

Dando dicas de que já conhece o conteúdo da entrevista coletiva das 14h, agendada pelo clube, Leila afirma que não interfere em aspectos técnicos e administrativos, e de que vai seguir investindo no clube.

Leia abaixo a íntegra do pronunciamento:

"Olá pessoal, passando por aqui para dar uma palavrinha para os meus seguidores. Vocês sabem que, antes de ser conselheira, antes de ser patrocinadora, eu sou uma torcedora, como nossos milhões de torcedores ao redor do mundo. E é óbvio, que eu fiquei chateada, não é, muito deprimida, como nossos milhões de torcedores pelo que ocorreu. Mas, gente, nada disso, nada me tira a disposição e a energia, né, de ajudar o nosso verdão. E estar ao lado do torcedor, Estar ao lado da dor do torcedor, porque eu sou uma torcedora também. Mas isso não justifica eu ficar desestimulada de continuar colaborando para o Palmeiras ser cada vez mais melhor. É lógico que com essa intempéries que acontecem na vida da gente, a gente tem que tirar ensinamentos. Ter humildade de colocar os pés no chão e refletir “onde eu errei”. E Eu tenho certeza de que é isso que vai ser feito, não é? Todos nós refletindo. Vocês sabem também que eu não interfiro em aspectos técnicos, em aspectos de contratação, em aspectos administrativos. Eu sou uma conselheiros, como os nossos 280 conselheiros do Palmeiras. Mas eu estou sempre, sempre à disposição do Verdão para colaborar, dentro da minha... dentro do que eu possa fazer, não é? E eu não tenho dúvida, isso é um ensinamento que eu tiro daminha vida. Todas as dificuldades que aparecem na minha vida, eu saio muito mais forte, muito mais fortes. E isso que aconteceu com o Palmeiras, eu não tenho dúvida que sairemos mais fortes. Então, não esqueçam nunca: eu estou sempre ao lado do Verdão, haja o que houver, e sempre ao lado de vocês, nossos milhões de torcedores. São vocês que me estimulam, tá bom? Contem comigo. Avanti Palestra!”