<
>

Vídeo mostra mulher agredindo Neymar em hotel de Paris: 'Sabe por que eu estou te batendo? Porque ontem você me agrediu'

play
Vídeo mostra mulher agredindo Neymar em hotel de Paris: 'Sabe por que eu estou te batendo? Porque ontem você me agrediu' (1:06)

Jogador está sendo acusado de estupro por Najila Trindade (1:06)

O novo vídeo do caso Neymar veio à tona. Nele, Najila Trindade de fato aparece agredindo o jogador, como o pai de Neymar já havia dito. A modelo explica que estaria fazendo isso porque teria sido agredida no dia anterior.

O vídeo começa com uma imagem estática, mais de 30 segundos só com uma música de fundo. Antes de os dois aparecerem, porém, é possível ouvir uma conversa.

A primeira voz é de Neymar: "Esqueci", diz ele. “Assim como?”, fala em seguida. "Assim como?", repete.

Depois, pergunta se podia ter relações sem preservativos.

"Pode? Sem? Sem camisinha?", diz.

Nesse momento, é possível ouvir o barulho de um tapa. Neymar volta a falar.

“Não, não, não, não, não. Aí não me bate não. Aí eu não gosto não”, diz.

“Aí não?”, responde Najila. “Você vai me bater, né?”, diz ela.

"Aí eu não gosto", responde Neymar.

"Não?", ela pergunta.

Najila se levanta da cama, dá dois tapas em Neymar e joga alguma coisa nele, aparentemente uma taça. É nessa hora que Neymar levanta as pernas na foto que foi divulgada nesta quarta. A modelo diz:

“Sabe por que eu estou te batendo? Sabe por que? Sabe por que?”, diz.

Neymar responde: “Não faz isso não”.

E ela continua ao mesmo tempo: “Porque ontem você me agrediu e me deixou aqui sozinha”.

O vídeo acaba.

É impossível saber o que aconteceu antes e depois desses momentos.

Najila se pronuncia

Entenda o caso

Neymar foi acusado de estupro por uma mulher cuja identidade foi preservada pela polícia. Ela registrou boletim de ocorrência na sexta-feira (31), revelado pelo ESPN.com.br no sábado 1º de junho, na 6ª Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher, em São Paulo.

Segundo o documento, ela alegou ter conhecido o jogador de Paris Saint-Germain e seleção brasileira nas redes sociais. E no dia 12 de maio, um assessor identificado como Gallo entrou em contato fornecendo passagens e hospedagem para ela viajar para Paris, na França. Ela afirmou ter embarcado no dia 14 e chego no dia 15.

A mulher também relatou que ficou no Hotel Sofitel Paris Arc Du Triumphe e recebeu o atleta de 27 anos por volta de 20h locais do dia 15. Segundo ela, o jogador chegou “aparentemente embriagado”. “Começaram a conversar, trocaram carícias, porém, em determinado momento, Neymar se tornou agressivo e, mediante violência, praticou relação sexual.”

Tanto Neymar, por meio de vídeo em uma rede social – que depois o tirou do ar - na qual expôs as conversas com a mulher, quanto seu pai, Neymar da Silva Santos, em duas entrevistas à TV Bandeirantes, uma por telefone e a outra participando ao vivo de um programa, negam que tenha havido estupro. Eles confirmam que houve relação sexual, mas que a mesma foi consensual.

Na quarta-feira (05), o caso teve mais desdobramentos. Em entrevista ao SBT, a modelo falou pela primeira vez. Ela admitiu ter viajado com intuito de fazer sexo com Neymar, mas reiterou que foi estuprada e agredida após dizer que não queria ter relações sem o uso de preservativo.