<
>

Palmeiras jogou de azul na Libertadores não só por Marcos, mas também por aspecto comercial

O Palmeiras usou um novo uniforme alternativo, tendo o azul como cor principal, na imponente vitória por 3 a 0 sobre o Melgar, no Allianz Parque, pela 2ª rodada da fase de grupos da Libertadores.

Antes da partida, o que havia sido divulgado era que o uniforme era uma homenagem ao ex-goleiro Marcos, que usou uma peça semelhante em 1999, quando o Verdão sagrou-se campeão do torneio da Conmebol.

No entanto, o técnico Luiz Felipe Scolari revelou na coletiva pós-jogo que outro fator "entrou em campo" para o Verdão decidir não usar sua indumentária tradicional: o aspecto comercial.

Segundo Felipão, o Palmeiras tinha obrigação contratual com um de seus patrocinadores (no caso, a fornecedora Puma) de fazer ao menos um jogo de azul na Libertadores, o que já foi cumprido na terça-feira.

"Nós temos um contrato a cumprir. E, dentro do contrato que temos com nosso patrocinador, um jogo da Libertadores teria que ser com aquela camisa. Nós escolhemos aqui hoje, porque não sei quando futuramente nós poderemos jogar assim", justificou.

"Foi bom, ótimo. Cumprimos o que está no contrato, nada devemos. Não se deve mais nada e a gente pode se ajeitar para o futuro bem melhor", complementou.

O lateral Marcos Rocha, por sua vez, disse que o desejo do elenco é voltar a usar os uniformes tradicionais - o que deve acontecer, já que a obrigação contratual com a fornecedora foi cumprida no duelo contra o Melgar.

"Uma camisa homenageando o Marcos, a gente fica feliz por fazer essa homenagem, deu sorte e conseguimos a vitória. Mas a gente quer voltar para o tradicional, o verde, porque o azul não fica legal, não", comentou.

A camisa foi anunciada pelo Palmeiras em 1º de março em um vídeo promocional.

Já na última segunda-feira, foram divulgadas mais fotos, além da informação de que a peça seria usada pelos atletas de linha, e não pelo goleiro.

A novidade está à venda em duas versões: um kit especial que tem apenas 1.999 unidades numeradas, que custa R$ 799,99; e a réplica oficial de torcedor, que sair por R$ 249,90 (masculina), R$ 229,90 (infantil) ou R$ 229,90 (feminina).