<
>

Palmeiras vence Melgar por 3 a 0 e segue 100% na Libertadores

O Palmeiras segue 100% na Libertadores de 2019!

Nesta terça-feira, o time paulista, que jogou com um uniforme alternativo que homenageia a camisa usada pelo goleiro Marcos em 1999, recebeu o Melgar, do Peru, e venceu por 3 a 0 com autoridade, no Allianz Parque, pela 2ª rodada da fase de grupos.

Além de tudo, o Verdão ganhou jogando bem!

Dominando o adversário do início ao fim, o clube alviverde construiu o placar com naturalidade. Felipe Melo, Ricardo Goulart e Deyverson anotaram para os donos da casa.

Com o resultado, o time comandado por Luiz Felipe Scolari vai a 6 pontos e já abre boa vantagem na liderança do grupo 6 da competição da Conmebol.

Os peruanos, por sua vez, ficam em 3º, com 1 ponto, mas podem cair para a lanterna ao fechamento da rodada.

Na próxima rodada da Libertadores, o Palmeiras visita o San Lorenzo, dia 2 de abril, em Buenos Aires, às 19h15 (de Brasília).

Pelo Paulistão, a equipe de Felipão tem outro jogo importante já no sábado: encara o São Paulo, no Pacaembu, às 16h30.

O JOGO

No embalo da torcida, o Palmeiras criou sua primeira boa chance logo aos 3 minutos: Dudu foi lançado pela esquerda, ganhou da marcação na corrida e tentou seu clássico toque colocado no canto oposto. Bem posicionado, o goleiro Cáceda conseguiu fazer a defesa sem dar rebote e salvou os peruanos.

O Verdão seguiu dominando e ficou novamente próximo de marcar aos 13, quando Dudu cobrou escanteio, Ricardo Goulart desviou de voleio e Gustavo Gómez chegou completando no segundo pau. Cáceda novamente conseguiu defender, e Narváez deu um bico para o alto, afastando o perigo na sobra.

E só dava Palmeiras. Pouco depois, em mais um escanteio cobrado da direita, Deyverson cabeceou e o goleiro do Melgar fez outra importante intervenção, agarrando firme no meio do gol.

O bombardeio seguia: aos 17, cruzamento da esquerda e Ricardo Goulart foi no 3º andar para cabecear. Cáceda, no entanto, seguia brilhando e conseguiu defender outra vez, e novamente sem dar rebote.

Mas água mole em pedra dura tanto bate até que fura: aos 25, Dudu cruzou, Ricardo Goulart desviou e Felipe Melo chegou cabeceando livre na segunda trave para mandar para o fundo das redes.

Explosão de alegria no Allianz Parque com o primeiro tento do Pitbull na temporada!

O Melgar ficou assustado após o gol, e o Verdão aproveitou para partir ainda mais para cima e tentar o segundo. E ele por pouco não veio aos 29, quando Gustavo Scarpa arriscou de fora da área e exigiu uma defesaça do arqueiro peruano, que foi buscar no cantinho.

Aos 38, o zagueiro Narváez errou feio na saída de bola e viu Deyverson executar a roubada na entrada da área. O centroavante entrou na "zona do agrião" e tinha toda a liberdade para finalizar, mas chutou torto e despediçou grande chance para o Palestra.

Na volta do intervalo, o time da casa levou um susto logo no primeiro minuto: em cobrança de falta pela lateral, o Melgar acabou batendo direto para o gol, e Weverton tirou no susto, já que estava com a visão bloqueada por vários atletas.

Ricardo Goulart, porém, tratou de resolver de vez as coisas para os anfitriões aos 8 minutos: Gustavo Scarpa cruzou da direita e o camisa 11 subiu bem demais para testar firme para o fundo das redes.

3º gol do meia-atacante com a camisa alviverde, depois do doblete contra o Ituano, pelo Estadual.

Na bola área, o Palmeiras continuava causando dano à equipe peruana. Aos 15, Gustavo Scarpa levantou na área, Ramos desviou contra a própria meta e só não fez o gol contra porque o goleiro Cáceda operou um verdadeiro milagre no Allianz Parque.

O arqueiro, porém, não teve qualquer chance aos 26, quando Ricardo Goulart deu passe fantástico para Deyverson, o camsia 16 limpou a zaga com muita calma e fuzilou para as redes, anotando um belo gol.

Na comemoração, ele deu um abraço apertado em Borja, justamente seu concorrente pela titularidade no ataque alviverde, mostrando o bom relacionamento que tem com o colombiano.

Daí em diante, a equipe de Felipão só tocou a bola e esperou o tempo passar para garantir mais uma vitória na Libertadores.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 3 x 0 MELGAR-PER

Local: Allianz Parque, em São Paulo-SP
Data: 12 de março de 2019, terça-feira
Horário: 19h15 (de Brasília)
Público: 30.023 pagantes
Renda: R$ 1.928.255,40
Árbitro: Mario Díaz de Vivar (PAR)
Assistentes: Milciades Saldivar e Roberto Cañete (ambos PAR)
Cartões amarelos: Felipe Melo, Thiago Santos e Ricardo Goulart (PAL); Freitas e Fuentes (MEL)

GOLS
PALMEIRAS: Felipe Melo, aos 25 minutos do primeiro tempo; Ricardo Goulart, aos 8; e Deyverson, aos 26 minutos do segundo tempo

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha; Antônio Carlos, Gustavo Gómez e Victor Luís; Felipe Melo (Thiago Santos), Bruno Henrique e Ricardo Goulart (Hyoran); Gustavo Scarpa, Dudu e Deyverson Técnico: Luiz Felipe Scolari

MELGAR: Cáceda; Narváez, Villalba, Ramos, Fuentes e Neyra; Sánchez, Arias (Leudo), Freitas (Romero) e Vidales (Arakaki); Cuesta Técnico: Jorge Pautasso