<
>

Imprensa peruana vê Palmeiras 'favoritaço' na Libertadores e admite: 'O Melgar foi esmagado'

O Palmeiras segue 100% na Libertadores de 2019!

Nesta terça-feira, o time paulista, que jogou com um uniforme alternativo que homenageia a camisa usada pelo goleiro Marcos em 1999, recebeu o Melgar, do Peru, e venceu por 3 a 0 com autoridade, no Allianz Parque, pela 2ª rodada da fase de grupos.

Além de tudo, o Verdão ganhou jogando bem! Dominando o adversário do início ao fim, o clube alviverde construiu o placar com naturalidade. Felipe Melo, Ricardo Goulart e Deyverson anotaram para os donos da casa.

Após a partida, a imprensa peruana reconheceu a superioridade brasileira.

"O Melgar foi esmagado pelo Palmeiras na Libertadores", manchetou o El Comercio, mais importante jornal do país.

De acordo com o diário, o resultado fez o Verdão "reforçar sua candidatura para ficar com o título". Além disso, o veículo ressaltou que a equipe palestrina foi "muito superior" e "nunca temeu perder o controle da partida".

O Correo também salientou o poderio demonstrado pelos alviverdes sobre a equipe rubro-negra, e opinou que o clube paulista deve mesmo dominar seu grupo na competição continental.

"Com o resultado, o Verdão se isola ainda mais na liderança e já está disparado no grupo F", ressaltou.

Já o Sin Fronteras, de Arequipa (cidade do Melgar) foi outro que viu o Palmeiras muito melhor em campo.

"O Melgar não teve chances contra o último campeão brasileiro. O adversário se impôs e venceu os arequipeños com méritos por 3 a 0", destacou.

Com o resultado, o time comandado por Luiz Felipe Scolari vai a 6 pontos e já abre boa vantagem na liderança do grupo 6 da competição da Conmebol.

Os peruanos, por sua vez, ficam em 3º, com 1 ponto, mas podem cair para a lanterna ao fechamento da rodada.

Na próxima rodada da Libertadores, o Palmeiras visita o San Lorenzo, dia 2 de abril, em Buenos Aires, às 19h15 (de Brasília).

Pelo Paulistão, a equipe de Felipão tem outro jogo importante já no sábado: encara o São Paulo, no Pacaembu, às 16h30.