<
>

Messi recebe oferta 'maluca' de R$ 2,2 bilhões para assinar com time árabe e ser rival de Cristiano Ronaldo, diz jornalista

Com contrato perto do fim no Paris Saint-Germain, Lionel Messi pode ser mais uma estrela a desembarcar na Arábia Saudita. De acordo com o jornalista Fabrizio Romano, o argentino tem em suas mãos uma proposta para receber mais de 400 milhões de euros (R$ 2,2 bilhões) por temporada no Al-Hilal.

O time, atual vice-campeão do Mundial de Clubes, eliminando o Flamengo na semifinal, gostaria de um nome de peso para competir com o maior rival, o Al-Nassr, que recentemente contratou Cristiano Ronaldo. E caso os dois eternos rivais voltem a disputar o mesmo campeonato, o ex-Barcelona levaria a melhor, já que a proposta salarial para ele é de mais que o dobro do que o português ganha, na casa dos 200 milhões de euros por ano.

Porém, apesar da proposta, segundo Romano, Messi gostaria de permanecer na Europa. Logo após a Copa do Mundo, em que ele conduziu a seleção da Argentina ao título, o craque, com contrato apenas até junho deste ano, esteve muito perto de renovar com o PSG. Porém, as negociações esfriaram e o atleta recusou a primeira proposta feita pelos franceses, exigindo "garantias esportivas".

Segundo o jornal francês L'Équipe, o PSG já não teria mais tanta certeza se vale a pena renovar com o craque, que tem seu nome ventilado também no Barcelona, onde brilhou na maior parte da carreira.