<
>

Pedro marca, Flamengo bate o Goiás e volta a vencer no Brasileirão após quatro jogos

Flamengo venceu o Goiás no Maracanã por 1 a 0, gol marcado por Pedro


O Flamengo voltou a vencer pelo Campeonato Brasileiro. Neste sábado (21), no Maracanã, o Rubro-Negro bateu o Goiás por 1 a 0, gol de Pedro.

O clube carioca vinha de uma semana conturbada. Além da pressão em cima de Paulo Sousa, o clima nos bastidores ferveu após a declaração do treinador sobre Diego Alves. Durante coletiva, o técnico havia afirmado que o goleiro teria se reunido com Bruno Spindel para dizer que tinha condições de jogo.

No entanto, o experiente jogador teria falado o oposto para o diretor executivo de futebol, dizendo que não teria condições de atuar diante da Católica por conta de uma dor. O clima turbulento aumentou com o silêncio da diretoria.

Em campo, o Flamengo pôde reverter, mesmo que de certa forma, a situação quente vivida nos bastidores. Aos 16 minutos, o Rubro-Negro abriu o placar. Gabigol achou bela bola para Matheuzinho, que cruzou para o meio da área e encontrou Pedro. O atacante, livre, empurrou para as redes.

No final da partida, a torcida rubro-negra puxou: "Não é mole não, pra jogar no Mengo tem que ter disposição". Após o apito final, a torcida vaiou o time.

Situação do campeonato

Com a vitória, o Flamengo vai aos nove pontos e ocupa a 11ª colocação. Já o Goiás está com oito, em 14º.

Próximos jogos

O Flamengo volta a campo na próxima semana pela Conmebol Libertadores. Na terça-feira (24), às 21h30, encara o Sporting Cristal, no Maracanã, pela última rodada da fase de grupos. A partida terá transmissão ao vivo pela ESPN no Star+.

Já o Goiás só volta aos gramados no próximo sábado (28). Em casa, o Esmeraldino recebe o Red Bull Bragantino, às 16h30, pelo Campeonato Brasileiro.

Ficha técnica

Flamengo 1 x 0 Goiás

GOLS: Pedro (Flamengo)

FLAMENGO: Hugo; Matheuzinho, Pablo, Rodrigo Caio e Ayrton Lucas; Arão, Arrascaeta (Thiago Maia) e Everton Ribeiro (Andreas Pereira); Bruno Henrique (Lázaro), Gabigol (João Gomes) e Pedro. Técnico: Paulo Sousa

GOIÁS: Tadeu; Da Silva (Matheus Sales), Sidimar e Caetano; Diego, Apodi (Maguinho), Elvis (Fellipe Bastos), Caio Vinícius, Dadá Belmonte e Danilo Barcelos; Pedro Raul (Nicolas). Técnico: Jair Ventura