<
>

VALORANT | Saadhak revela receita para o sucesso na LOUD: 'Sabemos trabalhar em time'

play
LOUD NO VALORANT | Jogadores contam como fizeram o L. (5:09)

Sacy, Saadhak, Less, Pancada, Aspas e bzkA foram oficializados nessa quinta (3) (5:09)

Oficializados pela LOUD, a equipe formada por Sacy, Saadhak, pANcada, Less, Aspas e o treinador bzkA recebeu o ESPN Esports Brasil para falar sobre o novo desafio


Nesta quinta (03), finalmente os fãs da LOUD receberam o anúncio que tanto esperaram nos últimos meses. Atuando nos servidores de Valorant com a tag “pANcada e Amigos” e referida pela comunidade como “Time do Sacy”, a organização oficializou a chegada da equipe formada pelos próprios Sacy e pANcada, junto de Saadhak, Less, Aspas e o treinador bzkA.

O ESPN Esports Brasil foi convidado pela organização para conhecer os jogadores e o centro de treinamento da LOUD, onde eles farão a preparação para os campeonatos da temporada de 2022, assim como bater um papo com os atletas sobre a montagem do time, o bom entrosamento, a diferença no time e mais.

Assim como aconteceu pela Team Vikings, Sacy e Saadhak foram os dois pilares principais para montarem o time que hoje vestirá o manto da LOUD. As especulações dos nomes que se juntariam à dupla manteve as expectativas lá em cima, uma vez que os mesmos teriam a seu lado dois jogadores quase inexperientes. Sacy conta como foi o processo de seleção dos nomes.

“Foram muitos nomes. O que mais chamou atenção obviamente foi o Aspas, mas também muitas dúvidas pela fama que ele tinha levado por conta do CS. Quando descobrimos que ele era legit ele tinha acabado de jogar um presencial, que foi o GGWP, serviu muito como vitrine e eu falei pro Saadhak que ele tinha muito potencial e só precisava ser lapidado”, conta Sacy.

“Logo depois pensamos em um controlador que estava faltando, que é uma função escassa no cenário e pensamos logo no pANcada, que é um dos melhores controladores do Brasil. O mais difícil foi o sentinela, já que o Saad tava mudando de função para exercer melhor a de capitão, então pensamos no Less, que é um menino prodígio”, completa.

Antes mesmo de serem oficializados, a equipe já estava sob os cuidados da organização e mostrou com o nome “pANcada e Amigos” o que estaria vindo pela frente para o ano de 2022. A equipe garantiu uma vaga para o primeiro Challengers brasileiro em uma campanha dominante.

Perdendo apenas um mapa dos 15 que disputou, a equipe chegou atendendo às expectativas e Saadhak conta como tem sido a mentalidade imposta por ele e Sacy nesse novo desafio em suas carreiras, que não só garante o alto nível, mas também deixa os mais inexperientes com menos pressão em suas costas.

“O fato de estarmos dando certo é porque eu e o Sacy sabemos como trabalhar em time e sabemos que, para um time dar certo, não adianta eu ter uma mentalidade e os outros ter outra. Tentamos passar nossa visão para eles, jogar como um time mesmo, ter a mesma mentalidade, estudar o jogo do mesmo jeito”, revela o capitão.

“Se a gente fala ‘vamos ter um plano a longo prazo’, não adianta nada uma pessoa pensar que se ele fracassar agora acabou para ele no time. Então todo mundo com a mesma mentalidade e acho que esse é o segredo pro sucesso: todos estarem no mesmo caminho”, completa.

Para chegar aos resultados desejados que vão além das vitórias nos primeiros qualificatórios, o elenco contará com o apoio do técnico bzkA, que também esteve ao lado de Sacy e Saadhak durante a caminhada da Team Vikings no Valorant Champions 2021.

O DIFERENCIAL

Chegando para ocupar o lugar deixado pelo técnico argentino Onur - que era cotado para se juntar ao quinteto, mas deixou de fazer parte da equipe devido a se mostrar contra a obrigatoriedade do passaporte de vacinação e revelar não ter se imunizado contra o COVID-19 -, bzkA fala sobre o que vê a fusão de jogadores como um diferencial para este ano.

“Juntamos o talento, então temos o Aspas e o Less que são dois meninos novos, juntamos a experiência, com o Sacy, Saadhak e o pANcada, e conseguimos misturar muito bem os talentos com a experiência. Acho que isso vai ser um grande diferencial para nós nesse ano”, comenta bzkA.

Além da mistura feita com os talentos da equipe, pANcada também destaca o profissionalismo da equipe e apoio da LOUD como um diferencial: “Com certeza aqui tem muito profissionalismo e muita vontade de vencer [...] Eles [LOUD] passam bastante segurança para fazermos nosso trabalho, além de toda a estrutura que tem por fora, psicólogo, etc. Eles estão dando muita confiança pra gente poder trabalhar em paz e focar no jogo”.

O atleta que ocupará a função de controlador pela equipe, ainda foi alvo de elogios por parte de Sacy e Saadhak, que o vêem como um dos melhores em sua função atuando no cenário brasileiro. O jogador aproveitou para comentar sobre o reconhecimento recebido de seus companheiros.

“É muito gratificante. O Sacy e o Saadhak tiveram um ano muito bom em 2021, o meu foi um pouco conturbado mas consegui mostrar o meu talento e aparecer. Pra mim está sendo muito gratificante não só mostrar meu talento pra eles, mas também chegar em uma organização desse nível da LOUD”, conta pANcada.

DIVERSAS OPÇÕES, APENAS UMA ESCOLHA

Aqueles que acompanharam a dança das cadeiras do cenário de Valorant se depararam com uma disputa entre diversas organizações, para ver quem sairia na frente no ano de 2022 ao chegar para a temporada com o elenco liderado por Sacy e Saadhak, indiscutivelmente dois dos melhores jogadores do cenário brasileiro do FPS da Riot Games.

Com grandes nomes na corrida pela contratação do quinteto, entre elas MIBR e Ninjas in Pyjamas, a grande vencedora na disputa foi a LOUD. Hoje a equipe verde chega com o pé direito para o cenário de Valorant e Sacy comenta sobre o processo de escolha de sua próxima casa e revela seu sonho ao lado da organização.

“Existem várias respostas que posso dar, a mais óbvia que todo mundo espera é por causa do hype e da torcida muito grande. Mas, obviamente, não é só por causa disso [...] A LOUD não é vista como uma organização de respeito em questão de títulos, pra mim é um sonho muito grande chegar aqui e conquistar muita coisa pra eles”, conta o jogador.

“Queria que eu fosse a pessoa que chegasse aqui e mudasse um pouco essa visão que a galera tem da organização, foi isso que me chamou mais atenção”, termina.

Agora finalmente oficializados, pANcada e Amigos passa a se apresentar nos servidores como LOUD. Seu primeiro compromisso será no primeiro Challengers brasileiro, que tem início no dia 12 de fevereiro e vai até dia 27 de março, dando ao grande vencedor uma vaga no primeiro Masters do ano. O campeonato será transmitido através dos canais oficiais do VCT Brasil na Twitch e Youtube.