<
>

Futuros jogos de Call of Duty terão versões para os consoles da Sony, diz Phil Spencer

play
"Superaram até demais", diz Baiano sobre expectativas para CBolão e Play Night (6:27)

O ex-jogador profissional também fala sobre doações da 4ª edição do campeonato beneficente (6:27)

Agora sob responsabilidade da Microsoft, a franquia Call of Duty seguirá multiplataforma, segundo palavras de Phil Spencer.


Call of Duty continuará a ser lançado para os consoles da Sony. Pelo menos é o que garante Phil Spencer, CEO da Microsoft Gaming. Em um post em sua conta no Twitter nesta quinta-feira (20), o dirigente, em “prol de um bom relacionamento com a Sony”, falou sobre o futuro da franquia de FPS ambientado em grandes guerras:

"Tive boas conversas nesta semana com os líderes da Sony. Confirmei nossa intenção de honrar todos os acordos existentes e nosso desejo é manter Call of Duty no PlayStation. A Sony é uma parte importante da nossa indústria e valorizamos nosso relacionamento"

A declaração é importante, pois a Sony possui acordos que garantem conteúdos exclusivos e acesso antecipado aos lançamentos de CoD. Phil Spencer se manifestou sobre o assunto, pois a empresa fundada por Bill Gates confirmou nesta semana que será dona da Activision Blizzard.

Uma vez que é sabido que as novas aquisições da Microsoft, como a Bethesda, farão algumas franquias serem exclusivas nos consoles Xbox, é compreensível que, aos poucos, qual será o futuro de grandes franquias como CoD quanto à exclusividade de plataformas.

COMPRA DA ACTIVISION BLIZZARD PELA MICROSOFT

A última segunda-feira (18) abalou a indústria dos videogames com a notícia da compra da Activision Blizzard pela Microsoft. Com a ação bilionária, a Microsoft passou a ter sob sua responsabilidade mais de 10 mil funcionários e franquias de sucesso como Warcraft, Diablo, Overwatch e Candy Crush.

A Microsoft segue aumentando seu tamanho e importância no mundo dos games. A compra da Activision Blizzard soma-se a outros movimentos da empresa no mercado, como a compra do comunicador Discord e do estúdio Bethesda.