<
>

Dignitas anuncia Pava como seu primeiro influenciador brasileiro

Pava é o primeiro streamer e influenciador brasileiro da organização Divulgação

Dignitas dá seus primeiros passos no cenário brasileiro de esports e anuncia Rafael "Pava" como seu influenciador


Nesta quarta (13), mais uma organização internacional começou seus investimentos no cenário brasileiro e já agarrou o primeiro nome de peso. Rafael “Pava”, ex-jogador de CS:GO e atual streamer de Valorant, é o mais novo influenciador da norte-americana Dignitas, conforme anunciado pelo próprio em seu Twitter. A stream de estreia do brasileiro com a organização contou até mesmo com a presença da lenda GeT_RighT no chat para recebê-lo.

Apesar de Pava ser o primeiro influenciador da organização em solo tupiniquim, outros brasileirinhos já vestem a camisa da organização competindo profissionalmente, como é o caso de Juliana “showliana” nos times femininos de Counter-Strike: Global Offensive e Valorant e também de Pedro “sparkingg”, que hoje defende o manto da organização no PUBG. Anteriormente, Pava atuou profissionalmente nos cenários de CS 1.6 e CS:GO, chegando a vestir o manto de equipes como MIBR e G3X.

Uma das organizações mais antigas dos esports, tendo sido criada em 2003, a Dignitas começou com essa contratação seus primeiros passos no cenário brasileiro e aparentemente não parará por aqui. Em tweet divulgado por Heather “sapphiRe”, a organização está recrutando streamers e criadores de conteúdo de CS:GO e Valorant no Brasil - inclusive, esse mesmo tweet foi o pontapé para a aproximação entre Pava e a organização.

Em entrevista para o portal The Enemy, o mais novo influenciador a vestir a camisa da organização afirmou que a organização quer aumentar seu alcance no território verde e amarelo e, apesar de não cravar com certeza, deixa no ar a possibilidade de um elenco brasileiro representando a organização. “Pelo que conversamos, eles querem disseminar o nome da Dignitas no Brasil. Realmente criar uma comunidade aqui. A ideia, porém, não é criar apenas uma divisão brasileira, é unir mesmo os brasileiros à marca Dignitas e quem sabe até mesmo ter times aqui”.