<
>

ESL confirma equipes que vão disputar EPL com BOOM, Sharks e Furia representando o Brasil

Equipes confirmadas na 11ª temporada da EPL Divulgação / ESL

O mistério envolvendo as equipes que vão disputar a próxima edição da ESL Pro League (EPL) de Counter-Strike: Global Offensive chegou ao fim nesta terça-feira (18) com a ESL confirmando os 24 participantes da 11ª temporada e explicando como a liga funcionará daqui em diante. BOOM (antigo INTZ), Sharks e Furia serão os representantes do Brasil.

Para esta temporada a ESL resolveu operar a EPL em um sistema parecido com o de franquias tendo em vista que nem todos os participantes se tornaram parceiros da liga. Treze foram os times que firmaram sociedade com a empresa, sendo eles: Astralis, compLexity, Ence, Evil Geniuses (EG), FaZe Clan, fnatic, G2 Esports, mousesports, Natus Vincere (Na`Vi), Ninjas in Pyjamas (NiP), Team Liquid, Team Vitality e 100 Thieves.

Esses times, além de receberem convites diretos para cada temporada da ESL Pro League, terão prioridade nos convites que serão dados pela ESL para as outras competições do ESL Pro Tour, das quais também participarão da divisão dos lucros.

Heroic, North, Renegades, Sharks e TyLoo foram as equipes que estarão presentes na próxima EPL pelo bom desempenho apresentado na 10ª temporada, enquanto ForZe e BOOM Esports - a nova organização dos ex-INTZ -, se classificaram via ESEA Premier e Furia, Godsent, OG e Virtus.pro ficaram com as vagas destinadas ao ranking promovido pelo comitê organizador.

FORMATO

Com premiação de US$ 750 mil, a 11ª temporada da EPL começará a ser disputada no dia 16 de março e será finalizada em 12 de abril. Os participantes serão distribuídos em quatro grupos. Os melhores times de cada chave avançarão para uma "tabela especial" no mata-mata que dará duas vagas para as semifinais e outras duas para as quartas. Já as equipes que terminarem a Fase de Grupos, respectivamente, na 2ª e 3ª colocações iniciarão a Fase Eliminatória pela Rodada 1.

As 13 equipes co-proprietárias da liga terão vagas garantidas na prómixa temporada, enquanto os demais participantes serão selecionados via ESEA Premier (3), ranking da ESL (3) e seletivas que serão disputadas na América do Sul (1), América do Norte (1), Ásia (1), Oceania (1) e Europa (1).