<
>

Corinthians ingressa no Free Fire contratando equipe que está na Pro League

Apresentação da equipe de Free Fire do Corinhtians Rodrigo Guerra / ESPN Esports Brasil

O Free Fire será a primeira modalidade que receberá o investimento do Corinthians no retorno do clube paulista aos esportes eletrônicos. O Timão contará com uma equipe composta por seis jogadores e um influenciador. A novidade foi apresentada nesta terça-feira (8) em evento realizado no CT Joaquim Grava, em São Paulo.

A nova investida do Corinthians aos esports foi revelado pelo ESPN Esports Brasil em julho deste ano. Conforme apurou a reportagem na época, o clube paulista terá o apoio de uma gigante no cenário, a organização norte-americana Immortals. O modelo do projeto seria similar ao do que o Flamengo toca junto com a Go4It.

"Um time escolhido a dedo com histórias e lugares diferentes, porém com apenas um objetivo: conquistar o mundo fazendo o que mais gostam". Foi com este lema que o Corinthians apresentou aqueles que representarão o clube no Free Fire, que, de acordo com o clube, "soma mais de 3 milhões de seguidores". Já Cerol será aquele desempenhará função similar a de um embaixador do Timão na modalidade.

O clube será representado pelos jogadores que vinham competindo na terceira temporada da Pro League como Bando de Loucos, são eles: Level Up, nobru, fixa, Pires e japa - que terão Luciano Fausto de treinador. Com a aquisição o Corinthians passa a competir no principal torneio de Free Fire da região. O BDL atualmente está na segunda colocação do Grupo B com um total de 1325 pontos, 55 atrás do INTZ

Vale mencionar que Level Up, em setembro defendendo o Brasil, venceu o Streamers Showdown na Tailândia

CORINTHIANS NO ESPORT

A primeira aparição do Corinthians nos esportes eletrônicos aconteceu em novembro de 2017, quando o clube paulista se tornou parceria da Red Canids. A união durou até março do ano passado, sendo que neste período o clube disputou torneios de várias modalidades como League of Legends, Hearthstone, Heroes of the Storm e Rainbow Six.

Ainda no ano passado, em outubro, o Timão voltou a investir nos esportes eletrônicos, contratando Felipe Mestre para competir no Pro Evolution Soccer (PES). De lá para cá nenhuma outra notícia sobre novos investimentos foi dada, até que o ESPN Esports Brasil revelou que o clube paulista fechou com a Immortals, em julho deste ano.

A reportagem apurou ainda que a negociação entre as duas agremiações travou a contratação de uma equipe de Counter-Strike: Global Offensive por parte do clube paulista. O Timão negociava com o elenco que vinha defendendo o Eox Gaming. Isso porque esse negócio era tocado por outros responsáveis.

Já no projeto tocado pela Immortals, o Corinthians esteve perto de disputar o Brasileirão do Clutch Circuit. Mas isso não aconteceu porque, também conforme noticiado pelo ESPN Esports Brasil, o clube não conseguiu fechar elenco a tempo - a vaga ficou com a Red Canids.