<
>

Olimpíadas: Bia Ferreira diz que ser medalhista olímpica é 'para poucos' e manda recado: 'Paris é logo ali'

play
Olimpíadas: Bia Ferreira perde para irlandesa na decisão e fica com a prata no boxe; VEJA como foi (1:09)

Brasileira foi derrotada por Kellie Harrington, da Irlanda, por decisão unânime dos juízes na categoria até 60kg (1:09)

Neste sábado, Bia Ferreira encerrou sua participação nos Jogos Olímpicos de Tóquio com a medalha de prata no boxe. A brasileira foi derrotada pela irlandesa Kellie Anne Harrington por decisão unânime (5 a 0) e ficou sem o ouro.

Após subir ao pódio para receber sua medalha, Bia Ferreira falou sobre a conquista da prata e comemorou, apesar da derrota.

Clique aqui para ver o Quadro de Medalhas das Olimpíadas atualizado e siga os Jogos de Tóquio em TEMPO REAL!

"Então, eu sai do Brasil com a meta de conseguir a mãe de todas (o ouro), além de estar no pódio. Não consegui. Tentei mudar de cor, mas não consegui. Vou continuar trabalhando para que ela mude. Estou muito feliz de estar aqui, de ter representado meu país. Claro que o objetivo era o ouro, mas não veio. Estou muito feliz, com muito trabalho sou medalhista olímpica, é para poucos. O trabalho continua e não vou parar por aqui não. Vou vender caro", disse ao SporTV.

Na sequência, a campeã mundial de 2019 agradeceu a seus familiares e a todos que a apoiaram durante o ciclo olímpico, e deixou um recado.

"Paris é logo ali, aguardem", finalizou.