<
>

Olimpíada adiada! Veja curiosidades, de medalhas com ano errado a 'maldição'

play
Sheilla, do vôlei, aprova adiamento da Olimpíada e vê lado positivo: 'Com certeza foi a melhor decisão' (0:43)

O Comitê Olímpico Internacional confirmou nesta terça-feira a mudança dos Jogos de Tóquio para 2021 (0:43)

O adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, confirmado nesta terça-feira pelo COI (Comitê Olímpico Internacional), acabou gerando uma série de curiosidades para o megaevento.

Veja algumas:

TUDO TEM UMA 1ª VEZ

Com o adiamento confirmado nesta terça, a Olimpíada será realizada pela 1ª vez na história em um ano ímpar.

Desde a 1ª edição, a de Atenas-1896, os Jogos sempre foram celebrados em anos pares, todos múltiplos de 4.

ESPERA MAIOR

Será apenas a 3ª vez na história que haverá uma espera maior do que quatro anos entre uma edição dos Jogos e outra.

A 1ª vez que isso ocorreu foi quando Berlim-1916 foi adiada e teve mudança de sede devido à I Guerra Mundial, pulando para 1920.

Com isso, houve oito anos de hiato entre Estocolmo-1912 e Antuérpia-1920.

A 2ª vez ocorreu após Berlim-1936, já que as duas edições seguintes (1940 e 1944) foram canceladas por conta da II Guerra Mundial.

Desta vez, inclusive, o espaçamento foi maior, já que os Jogos só voltaram em Londres-1948, 12 anos depois.

ANO DIFERENTE, MESMO NOME

Nesta terça-feira, o COI divulgou que, apesar dos Jogos serem realizados em 2021, eles seguirão sendo chamados de Tóquio-2020.

Isso se deve, principalmente, pelos inúmeros produtos já fabricados para venda com a logomarca original da Olimpíada.

Estratégia semelhante foi utilizada pela Uefa, que seguirá chamando a Euro-2020 por esse nome, apesar dela ser jogada em 2021.

MEDALHAS 'ERRADAS'

O COI também anunciou que as medalhas de ouro, prata e bronze terão a inscrição Tóquio-2020.

Ou seja: os atletas que ganharem as honrarias receberão seus prêmios com a data "errada", já que a competição só será em 2021.

Isso nunca havia acontecido na longe história dos Jogos Olímpicos.

A 'MALDIÇÃO' DOS 40 ANOS

Em 1940, a Olimpíada estava marcada para acontecer em Tóquio, mas foi cancelada pela II Guerra Mundial.

Já em 1980, os Estados Unidos, principal potência olímpica do mundo, boicotaram os Jogos de Moscou.

Agora, em 2020, os Jogos Olímpicos de Tóquio tiveram que ser adiados pela pandemia de coronavírus, prejudicando a capital japonesa mais uma vez.

Perceberam a coincidência? De 40 em 40 anos, alguma coisa dá errado para a maior festa do esporte mundial...

Pode ser apenas superstição, mas o próprio primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, disse em entrevista que, a cada 40 anos, os Jogos são "amaldiçoados".

É como diz a famosa anedota: "Eu não acredito em bruxas. Mas que elas existem, existem..."