<
>

NFL: Patriots rescindem com Julian Edelman, e tricampeão do Super Bowl anuncia aposentadoria

play
Curti analisa gastança dos Patriots na NFL e alerta: 'Pode subir no Draft por um quarterback' (1:16)

Comentarista analisou contratações durante o 'Semana NFL' no YouTube da ESPN Brasil (1:16)

O New England Patriots rescindiu nesta segunda-feira o contrato do wide receiver Julian Edelman, de 34 anos.

Segundo informou a equipe de forma oficial à liga, o atleta não foi aprovado nos últimos testes físicos realizados pela franquia.

Em seguida ao anúncio dos Patriots, o próprio Edelman confirmou, em suas redes sociais, o fim da carreira no futebol americano.

A informação foi divulgada inicialmente pelo repórter Mike Reiss, da ESPN dos Estados Unidos.

Na última temporada, o veterano só atuou em seis jogos devido a uma lesão crônica no joelho.

Edelman, que fará 35 anos em maio, passou toda a sua carreira de 12 anos nos Patriots.

Ao longo de mais de uma década, ele foi tricampeão do Super Bowl e fez 620 recepções pelo time.

Com isso, ele é o 2º no ranking de mais recepções da franquia, ficando atrás apenas de Wes Welker (672).

Seu maior momento de destaque foi no Super Bowl LIII, que teve o wide receiver eleito como MVP.

Na ocasião, em 3 de fevereiro de 2019, os Patriots venceram o Los Angeles Rams por 13 a 3, com grande atuação de Edelman (10 recepções, 141 jardas).

Além disso, ele também será lembrado pelo catch "impossível" que fez no Super Bowl LI, ajudando New England de maneira decisiva a virar sobre o Atlanta Falcons, em uma das finais mais famosas da história da NFL.

Nascido na Califórnia, o atleta fez sua carreira universitária em Kent State e foi draftado na 7ª rodada em 2009 por New England.

Curiosamente, ele era quarterback nos tempos de universidade, mas depois tornou-se wide receiver ao se profissionalizar.