<
>

NFL: Chiefs favoritos e as promessas de Newton como substituto de Brady: Curti analisa a AFC Oeste e Leste

play
Titular e capitão dos Patriots na NFL: especialistas apontam Cam Newton pronto para recuperar nível de MVP (1:31)

Contratado no fim de junho, quarterback que substituirá Tom Brady já foi votado pelos companheiros como capitão (1:31)

AFC Leste

Buffalo Bills

Miami Dolphins

New England Patriots

New York Jets

O que mudou: A saída de Tom Brady, do New England Patriots para o Tampa Bay Buccaneers, de longe é a grande mudança da divisão. Isso pode permitir que a dominância patriota – títulos seguidos desde 2009 – finalmente seja alterada... Se Cam Newton não dar certo e tudo indica que ele está saudável, então vamos segurar a emoção. Newton chega em contrato de um ano com New England e em condições de jogo é o melhor quarterback da divisão. Ainda nos Patriots, vários jogadores deram opt-out por conta da COVID-19 e a ausência de Dont’a Hightower na defesa e de Marcus Cannon na linha ofensiva são sentidas.

Buffalo segue com o elenco praticamente igual ao ano passado – o que é ótimo, em especial na defesa – mas adicionou mais uma arma para ajudar Josh Allen a evoluir: Stefon Diggs, vindo de troca com os Vikings. Ele é um dos melhores corredores de rotas da NFL e sua presença pode elevar o que vem faltando a Allen: precisão nos passes dada a separação de Diggs ser acima da média.

Miami agora tem um futuro quarterback em Tua Tagovailoa – que aparenta estar saudável – e o New York Jets não tem muitas novidades para contar, embora um Sam Darnold jogando as 16 partidas seja uma possível mudança para 2020 depois de um 2019 maluco e “vendo fantasmas”.

O jogo para ficar de olho: New England Patriots vs Buffalo Bills, Semana 16: tal com como ano passado, a Semana 16 no Gillette Stadium deve ser a “final” da AFC East e a promessa é que mais esteja em jogo neste ano pelo fato de haver mais equilíbrio entre as duas equipes.

O que esperar em 2020: Há claras duas prateleiras na AFC East, com Buffalo e New England brigando pela divisão – como acontecera no ano passado, aliás. Os dois times têm boas defesas, aparte dos opt-outs patriotas. Stephon Gilmore é o melhor cornerback da liga e seu substituto quando saíra de Buffalo, Tre’Davious White, não fica nada longe.

Com duas fortes defesas, o fiel da balança da divisão deve ser o quarterback. Cam Newton volta ao nível que estava quando conduzira os Panthers a 6-2 em 2018 e machucou o ombro? Ele está saudável? Vai encaixar no sistema dos Patriots? Josh Allen, atlético e que acumula jardas corridas e passes em profundidade, terá consistência no jogo aéreo de curta e média distância? Essas são as perguntas cujas respostas indicarão quem vence a AFC East.

A segunda prateleira tem times com mais problemas do que soluções se pensarmos em 2020. Os Jets, em seu segundo ano com Adam Gase, trocaram Jamal Adams e não aparentam estar em modo “vencer agora”. Os Dolphins estão seguindo sua jornada de reestruturação e em algum momento da temporada a caminhada de Tua Tagovailoa deve começar como franchise quarterback – por ora, as expectativas são menores e seria surpresa se esses dois times fossem para os playoffs.


AFC Oeste

Kansas City Chiefs

Los Angeles Chargers

Las Vegas Raiders

Denver Broncos

play
0:27

Campeão da NFL pelo Kansas City Chiefs, Patrick Mahomes recebe anel do Super Bowl com 255 diamantes e 36 rubis

Via Twitter @Chiefs | Equipe fez cerimônia no Arrowhead Stadium na última terça-feira

O que mudou: Os Chargers, com sólidos elencos nos últimos anos e um 2019 um tanto quanto desapontador, não renovaram com Philip Rivers e contam com o eterno-quarterback-ponte Tyrod Taylor começando a temporada como titular – mas sabemos que lá pra semana 6 chegará a hora do calouro Justin Herbert.

Nada mudou em Kansas City fora as renovações – ou seja, que bom para o torcedor, que péssimo para o resto da divisão: Patrick Mahomes, Travis Kelce e Chris Jones estão de contratos novos. Em Denver, um Draft recheado de peças para que Drew Lock mantenha o bom momento estabelecido na reta final da temporada 2019 – o destaque vai para Jerry Jeudy na primeira rodada, wide receiver muito bem polido em rotas que deve ser candidato a calouro ofensivo do ano.

Os Raiders fizeram boas contratações para o corpo de linebackers mas o destaque vai para o quarterback reserva aqui. Marcus Mariota teve Ryan Tannehill lhe apertando em Tennessee e agora será quem aperta: ele é o novo quarterback reserva dos Raiders e Derek Carr se vacilar vai pro banco. Aliás, mudou a cidade também: seja bem vindo, Las Vegas Raiders.

O jogo para ficar de olho: Kansas City Chiefs vs Denver Broncos, Semana 13. Os Broncos construíram um elenco para tentar colocar tantos pontos no placar quanto os Chiefs e é aqui que vamos ver se é possível: Sunday Night Football no Arrowhead Stadium, fora de casa.

O que esperar em 2020: Não vou te enganar, precisaria acontecer muito caos para que Kansas City perca essa divisão. Ao contrário da AFC North/Ravens, os adversários dos Chiefs – o outro favorito da Conferência Americana – devem dar menos trabalho. Seria muita surpresa se Pat Mahomes, de longe o melhor quarterback da divisão, perdesse esse título.

Isso não quer dizer, porém, que os outros times não possam brigar por pós-temporada. A lesão de Derwin James, fora da temporada, e a incerteza na posição de quarterback deixam os Chargers um passo atrás. Mas Broncos e Raiders têm times “arrumadinhos” que na Conferência Americana, se começarem o ano bem, podem jogar em janeiro. A ver.