<
>

NFL: Roger Goodell diz que encoraja times a contratarem Colin Kaepernick

play
Comissário da NFL diz que Liga condena o racismo e que se reunirá para 'dar voz' aos jogadores (0:56)

Roger Goodell fez uma declaração em nome da liga com o posicionamento oficial (0:56)

O comissário da NFL, Roger Goodell, disse que apoia e encoraja times a contratar o quarterback Colin Kaepernick.

Kaepernick, de 32 anos, não joga na NFL desde o fim de 2016, quando como um membro do San Francisco 49ers ele ajoelhou durante o hino nacional dos Estados Unidos como forma de protesto contra o racismo.

Em uma conversa com a ESPN no programa especial "The Return of Sports", Goodell disse que depende dos times contratar Kaepernick e viu com bons olhos sua voz na discussão dos problemas sociais.

"Se ele (Kaepernick) quer resumir sua carreira na NFL, então obviamente será necessário que um time tome essa decisão. Mas eu eu apoio e encorajo um clube a tomar essa decisão", disse o comissário.

"Se os esforços dele não estiverem no campo, nós o receberemos na mesa para nos ajudar, nos guiar a tomar decisões melhores sobre as coisas que ele fez nas comunidades. Nós o convidamos antes e queremos assegurar que todos são bem-vindos na mesa a nos ajudar a resolver problemas complexos que acontecem há muito tempo", completou.

No começo do mês, em meio aos protestos contra o racismo ao redor dos Estados Unidos, Goodell divulgou um vídeo pedindo desculpas em nome da NFL por não ter feito um trabalho melhor ao ouvir os jogadores sobre os problemas raciais, mas ele foi criticado por não mencionar o nome de Kaepernick.