<
>

Tom Brady consegue tacada de R$ 550 mil no golfe e impressiona astros

play
Brady, Manning, Tiger e Mickelson: lendas se aquecem para confronto no golfe (0:41)

The Match: Quarteto se enfrenta neste domingo nos Estados Unidos | via @amanda_balionis (0:41)

Tom Brady parecia qualquer coisa, menos o quarterback legal e calmo que é. Na verdade, parecia um jogador de golfe assustado e problemático durante o evento “The Match: Champions for Charity”, no qual astros dos esportes fizeram uma disputa com o objetivo de doar o dinheiro arrecadado para a caridade.

Mesmo assim, ele ainda conseguiu se destacar bastante na tarde do último domingo (24).

Depois de ser ‘zoado’ pelo por Charles Barkley, lenda da NBA que 'anunciava' a partida, e levar uma ‘surra’ nas redes sociais enquanto suas tacadas eram disparadas por todo o percurso do ‘Medalist Golf Club’, o ex-jogador do New England Patriots, que agora defende o Tampa Bay Buccaneers, se inclinou para uma tacada forte - enquanto seu microfone escorregava e suas calças rasgavam - que fez a bola parar no sétimo buraco no campo de Hobe Sound, na Flórida.

A tacada, inclusive, impressionou diversos astros nas redes sociais, entre eles o head coach do New Orleans Saints, Sean Payton, o quarteback recém-contratado do Chicago Bears, Nick Foles, e o defensive end e ídolo do Houston Texans, J.J. Watt. Além dos colegas de NFL, o ex-arremessador da MLB Alex Rodriguez e Andre Iguodala, do Miami Heat, exaltaram a jogada.

"Chuck, cale a boca, Chuck", disse Brady a Barkley após a tacada, depois de algumas brincadeiras amistosas entre as duas lendas do esporte. Brady disparou uma última ‘alfinetada’ nas redes sociais após o evento, dizendo a Barkley que ele “pensava [que o evento] se tratava de CAMPEÕES pela caridade", referenciando a falta de títulos do ex-jogador de basquete.

Jogando com Phil Mickelson como parceiro, Brady acabou derrotado para o ex-quarterback Peyton Manning e o astro do golfe Tiger Woods na partida que arrecadou 20 milhões de dólares (R$ 109 mi) para os esforços de socorro da COVID-19.

A tacada de Brady também garantiu uma doação de 100 mil dólares (R$ 550 mil) do golfista Brooks Koepka, que prometeu este valor se Brady pudesse ‘reduzir’ qualquer um dos buracos restantes dos nove da frente. Ele ainda prometeu outros R$ 550 mil caso Brady conseguisse o ‘par’ nos dois últimos buracos.