<
>

NFL: Para onde vai Tom Brady? Simulamos quatro ofertas para o QB mais disputado no momento

play
Ex-jogador da NFL que perdeu titularidade para Brady revela o que pensava: 'Vai ser um bom quarterback reserva' (1:09)

Drew Bledsoe se lesionou e nunca mais teve seu emprego de QB titular do New England Patriots (1:09)

Tom Brady tem três MVPs da temporada regular, três aparições no primeiro time ideal da liga, quatro MVPs do Super Bowl e nada menos que seis anéis de campeão. Uma coisa que ele nunca fez? Testar o mercado da NFL. Isso muda na próxima semana, quando os agentes do maior quarterback de todos os tempos comecarem a negociar com outras equipes no dia 16 de março.

Quais times estão realmente interessados ​​no jogador de 42 anos e como poderia ser o contrato dele? Pedimos aos repórteres da NFL Nation que fizessem sua melhor oferta em nome das equipes que cobrem.

Pensamos em quatro times que, de fato, poderiam estar interessadas em Brady - os Patriots também, é claro - e cada uma tem a necessidade e o espaço necessário para contratá-lo. Todas as quatro também são atraentes para Brady, que passou todos os 20 anos de sua carreira na NFL em um só lugar. Existem outras seis equipes popularmente ligadas ao quarterback, mas que nossos repórteres acham que vão perseguir outros quarterbacks.

As ofertas abaixo são baseadas no que os repórteres acreditam que suas equipes poderiam oferecer a Brady. Dan Graziano fez o papel de Brady. Confira a sua decisão abaixo.

As ofertas por Brady

A oferta do New England Patriots

Total de anos e valor: cinco por US$ 125 milhões
Média por ano: US$ 25 milhões
Garantia total na assinatura: US$ 37,5 milhões
Garantia total: US$ 50 milhões
Pagamento de três anos: US$ 75 milhões (se a opção de bônus for escolhida)

Cinco anos? Deixe-me explicar. Considerações sobre simbolismo, estratégia e teto salarial estão em jogo.

Comece com o simbolismo. Brady, de 42 anos, disse que espera jogar até os 45 anos, mas ele e os Patriots não conseguiram fazer uma extensão nos dois anos anteriores para levá-lo a esse ponto. Isso significou uma configuração ano a ano.

Brady não teve influência nessas situações. Ele agora tem mais influência, o que significa que, se o técnico Bill Belichick ainda acredita que Brady dá à equipe a melhor chance de vencer - o que parece ser o caso -, pode ser hora de alterar a estratégia e apresentar um contrato a Brady que representa como a organização acredita que alcançará seu objetivo de jogar aos 45 anos.

Um contrato de cinco anos faz isso. E a maneira como ele poderia ser estrategicamente estruturado reforçaria essa crença, com as considerações de teto salarial em mente para beneficiar a equipe. É uma situação onde os dois vencem.

Em essência, os dois primeiros anos do acordo seriam semelhantes ao que o quarterback Drew Brees assinou com os Saints antes da temporada de 2018: US $ 50 milhões em dois anos. É um valor justo de mercado e um compromisso - provavelmente mais do que os Patriots gostariam de pagar, mas não tanto quanto Brady poderia pedir em outro lugar. Isso manteria Brady e Patriots juntos até, pelo menos, 2021.

Isso deixaria US $ 75 milhões responsáveis ​​pelos três últimos anos, dos quais Brady pode ou não ter interesse em jogar. Uma opção de bônus antes da terceira temporada (2022) pode ser adquirido para ativar os últimos três anos, dos quais Brady pode jogar um antes de se aposentar.

Esse tipo de acordo também deixa um espaço valioso para a equipe cercar Brady com armas melhores, especialmente em tight end e wide receivers, onde há necessidade de mais velocidade. Espera-se que os Patriots busquem agressivamente várias possibilidades nessas áreas, quer Brady esteja de volta ou não. Além da ajuda no elenco, Brady também se beneficiaria de continuar desenvolvendo o sistema criado nos últimos 20 anos, em vez de começar de novo em outro lugar. - Mike Reiss


A oferta do Los Angeles Chargers

Total de anos e valor: dois por US$ 64 milhões
Média por ano: US$ 32 milhões
Garantia total na assinatura: US$ 64 milhões
Garantia total: US$ 64 milhões
Pagamento de dois anos: US$ 64 milhões

Kirk Cousins ​​estabeleceu o precedente para contratos totalmente garantidos na posição de quarterback há dois anos e, para tirar Brady de New England, os Chargers terão que fazer melhor.

Os Chargers têm aproximadamente US $ 47 milhões em espaço de cap salarial. Isso não inclui os cerca de US $ 5 milhões em espaço adicional que eles ganharão assim que a troca de Russell Okung por Trai Turner com os Panthers se tornar oficial no dia 18 de março, o primeiro dia do "ano" da liga. A equipe também tem a capacidade de ficar com cerca de US $ 11 milhões em dinheiro com a possível aposentadoria do veterano Brandon Mebane e da desistência do frequentemente machucado Denzel Perryman, então eles poderão ter o dinheiro necessário para atrair Brady.

play
1:09

Ex-jogador da NFL que perdeu titularidade para Brady revela o que pensava: 'Vai ser um bom quarterback reserva'

Drew Bledsoe se lesionou e nunca mais teve seu emprego de QB titular do New England Patriots

Ao assinar com Brady, no entanto, os Chargers provavelmente teriam que melhorar a linha ofensiva com a sexta escolha geral do draft.

Os Chargers já assinaram contrato com Austin Ekeler, mas para atrair Brady, eles também precisariam gastar dinheiro para renovar com Hunter Henry, que é um agente livre. Além disso, eles poderiam voltar atrás e assinar com Melvin Gordon para complementar Ekeler. Os Chargers também têm uma extensão de contrato cara que se aproxima com o talentoso Joey Bosa, que está no último ano de seu contrato de estreante.

Como os Chargers poderiam apelar para o nativo da Califórnia? Eles podem oferecer a oportunidade de um novo começo em Los Angeles, onde sua família tem uma casa, e jogadores dinâmicos como Keenan Allen, Mike Williams e Ekeler à sua disposição. Ele também seria um motivo para os fãs no recém-construído Estádio SoFi irem aos jogos. E se Brady ainda tiver gasolina no tanque, os Chargers voltarão a ser um candidato ao Super Bowl. - Eric D. Williams


A oferta do Tampa Bay Buccaneers

Total de anos e valor: três por US$ 102 milhões
Média por ano: US$ 34 milhões
Garantia total na assinatura: US$ 68 milhões
Garantia total: US$ 68 milhões
Pagamento de três anos: US$ 102 milhões

Os contratos de Brady em New England têm sido historicamente baixos, em comparação com os de seus contemporâneos, mas os Bucs terão que pagar para competir. Esta oferta é a oferta. Seu salário médio anual de US $ 34 milhões o coloca ao lado de Ben Roethlisberger como o segundo QB mais bem pago da liga, atrás de Russell Wilson. Essa oferta não dura mais de três anos, porque Brady disse que quer jogar até os 45 anos. E assinar com Brady não impediria os Bucs de renovar com Shaq Barrett ou Chris Godwin por bastante tempo.

Ganhar não é o que atrairá Brady para Tampa - é a ideia de um desafio. Os Bucs não vão para a pós-temporada desde 2007 e tiveram apenas duas temporadas positivas na última década. Mas eles têm algo que Brady não sabe o que é desde 2011: dois recebedores de Pro Bowl em Mike Evans e Chris Godwin. Os Bucs têm mais de US $ 81 milhões em espaço de cap - o quarto mais alto na NFL - para melhorar um elenco que acabou em 7-9, com Jameis Winston lançando 30 interceptações. E como não há imposto de renda estadual, é um destino ideal de aposentadoria.

play
0:59

Dana White tenta trazer Tom Brady para Las Vegas: 'Nós queremos você nos Raiders'

Presidente do UFC falou com astro da NFL

Brady também nunca teve um treinador como Bruce Arians, que quer beber cerveja no estacionamento depois dos jogos (ele ainda está procurando um lugar para fazer isso). Talvez não exista um treinador mais divertido do que Arians.

Os Bucs têm pontos negativos a serem superados - seu pass rush não é tão forte quanto o dos Titãs, por exemplo, e sua defesa ainda é jovem - mas eles poderiam vender para Brady a promessa de uma escolha de alta de draft na linha ofensiva, já que a falta de proteção tem sido um problema permanente. Eles poderiam se vender como uma equipe a apenas um quarterback da disputa do Super Bowl. - Jenna Laine


A oferta do Tennessee Titans

Total de anos e valor: quatro por US$ 112 milhões
Média por ano: US$ 28 milhões
Garantia total na assinatura: US$ 56 milhões
Garantia total: US$ 60 milhões
Pagamento de três anos: US$ 81 milhões

Quarterbacks como Brady não chegam ao mercado com frequência, e ele pode lucrar. Fazer um acordo de quatro anos com Brady com metade do dinheiro garantido nos dois primeiros anos do contrato, no entanto, funciona para ambas as partes.

Se os Titans decidirem se separar de Brady após duas temporadas, o acordo se tornará basicamente US $ 56 milhões por dois anos. Se Brady decidir que quer jogar na temporada em que fizer 45 anos, mas o fizer em outro lugar, ele poderá forçar a mão dos Titanss e não custará muito para liberá-lo.

O contrato de Brady também deixaria espaço para os Titans - que têm aproximadamente US $ 55 milhões em espaço para trabalhar - para assinar novamente com Derrick Henry, cuja capacidade de dominar ajuda a estabelecer confrontos individuais para os recebedores. O jogo de play-action deve ser letal para Brady e daria a ele a oportunidade de soltar o braço. Os Titans, no entanto, provavelmente não poderiam se dar ao luxo de manter o agente livre Jack Conklin. Brady não é o QB mais veloz, então o gerente geral Jon Robinson teria que pensar na posição de tackle no draft de 2020.

Os Titans têm recebedores atraentes no TE Jonnu Smith e nos recebedores A.J. Brown e Adam Humphries, a quem os Patriots miraram na free agency do ano passado. Tennessee também é treinado pelo ex-companheiro de equipe de Brady, Mike Vrabel, e Brady e Vrabel ainda mantêm contato.

A AFC Sul está aberta, o que deve agradar a Brady. Os Titans apresentam a melhor oportunidade para ele consolidar seu legado, provando que ele pode, de fato, ganhar um Super Bowl sem Belichick. - Turron Davenport

A decisão final de "Tom Brady"

Olhando essas quatro ofertas lado a lado, é uma corrida de duas equipes entre Bucs e os Titans. O dinheiro obviamente não é tudo para mim neste momento da minha carreira, mas você precisa pelo menos entrar no estádio certo se quiser competir.

Eu amei tudo sobre o tempo que passei com os Patriots. Quem não amaria? O que realizamos lá está além dos sonhos mais malucos de qualquer pessoa, e ninguém pode tirar isso de nós. Aliás, boa sorte para quem quiser tentar repetir o que fizemos em 20 anos em uma liga com teto salarial. Vou passar o resto da minha vida assistindo em vão para ver se alguém conseguirá chegar em mim no número de anéis.

No entanto, Bill, sua oferta simplesmente não é respeitosa, cara. Eu sempre estive disposto a tomar um corte de salário para ajudar com o cap salarial, mas nos últimos dois anos você não usou exatamente esse dinheiro para montar um ataque para mim, então como eu confio que você vai fazer isso agora? Você está oferecendo US $ 25 milhões por ano em um local com imposto de renda estadual, enquanto dois estados sem imposto de renda estão oferecendo US $ 28 milhões e US $ 34 milhões? Me desculpe, cara. Te vejo nas reuniões.

Chargers... vocês também me decepcionaram. Especialmente enquanto observo a taxa de imposto de renda de 13,3% da Califórnia. Sou jogador de futebol americano, não matemático, mas tenho uma calculadora no meu telefone e seus 32 milhões de dólares por ano chegam a cerca de 27,7 milhões após impostos estaduais. Garantia total é legal, mas cara ... eu sou Tom Brady. Eu não preciso estar perseguindo as realizações de Kirk Cousins.

Então ficamos entre Bucs ou Titans, e Tampa está bem na parada. Mike Evans, Chris Godwin, O.J. Howard, Bruce Arians ... parece divertido, especialmente nesses números. Eu considerei isso seriamente, e meu agente acha que sou louco por recusar, mas no final, como eu disse, o dinheiro não será o fator decisivo final, e não tenho certeza se jogar na divisão de Drew Brees me dá a maior chance de sucesso nos playoffs.

Times que não devem ir atrás de Brady

Há rumores de que essas equipes têm interesse no quarterback, mas nossos repórteres da NFL Nation explicam por que não vão atrás dele:

Chicago Bears

As peças não contribuem para que os Bears convençam Brady. Brady é melhor que Mitchell Trubisky? Claro. Mas Chicago não foi para os playoffs em oito dos últimos nove anos. O ataque dos Bears terminou perto do fundo em todas as categorias estatísticas importantes da última temporada. O último grande quarterback dos Bears foi Sid Luckman, que jogou na década de 1940. O gerente geral Ryan Pace deixou claro que Trubisky será o titular em 2020, o que significa que rumores de Brady em Chicago não fazem sentido.

"Acreditamos em Mitch", disse Ryan Pace. "Mitch sabe que precisa ser melhor. Precisamos ser melhores perto dele. E esse é o nosso objetivo." - Jeff Dickerson


Denver Broncos

Durante seu mandato como principal tomador de decisões da equipe, John Elway provou várias vezes - lembre-se de um tal de Peyton Manning - que você nunca pode dizer nunca quando se trata de um quarterback veterano. Elway ergueu uma sobrancelha quando disse isso sobre o futuro de Brady: "Tendo me acostumado a onde ele está há tanto tempo, acho que apenas a mudança pode ser emocionante para ele, mas acho que vai dar muito trabalho. ... Sempre conversávamos com ele, mas acho que estamos felizes com o que temos com Drew [Lock]. "

Os Broncos estão comprometidos com Lock, seu quarterback de segundo ano, depois de passar a temporada com a ideia de que ele será o titular não apenas na próxima temporada, mas em várias temporadas no futuro. "O céu é o limite para ele", disse Elway. Assim, enquanto os Broncos levarão bastante em consideração a adição de um quarterback veterano, esse veterano será o reserva de Lock. Em Indy, Elway disse que os Broncos "prefeririam" um veterano substituto para Lock. - Jeff Legwold


Indianapolis Colts

Tudo está na mesa quando se trata da posição de quarterback com os Colts após as dificuldades que Jacoby Brissett teve em 2019. E que história seria se Brady usasse o mesmo armário que Peyton Manning, seu antigo adversário na AFC, jogando no Lucas Oil Stadium e a camisa nº 12... Uma decisão como essa colocaria os Colts, que devem ter cerca de US $ 87 milhões em espaço de cap, de volta aos holofotes, onde raramente estiveram nos últimos cinco anos.

Mas a contratação de Brady contraria significativamente o que o gerente geral, Chris Ballard, enfatizou desde o dia em que foi contratado no inverno de 2017. Ballard quer jogadores que ainda estão no auge de sua carreira ou que ainda não atingiram seu potencial quando se trata de assinatura de agentes livres. Brady, um futuro membro do Hall da Fama e, sem dúvida o maior quarterback da história da NFL, não se encaixa mais em nenhuma das categorias. - Mike Wells


Las Vegas Raiders

Claro, Brady dá aos Raiders a presença que os Raiders precisam para fazer Vegas se apaixonar por eles. Mas ele é realmente um upgrade de Derek Carr, que está teve seu melhor ano em jardas lançadas (4.054) e porcentagem de conclusão (70,4%)? Os números sugerem que não, mesmo quando Trent Brown, que jogou com Brady em 2018, disse: "Quero dizer, Tom é o GOAT; Derek Carr é Derek Carr", no training camp.

Brady para os Raiders faz sentido se - e somente se - eles cortarem laços com Carr, assinarem um contrato de dois anos com Brady e pensarem no quarterback do futuro para aprender no colo de Brady. Caso contrário, os Raiders devem se sentar com Carr, conseguir um WR1 legítimo e ver se ele pode dar outro salto estatístico, estendendo as jogadas com as pernas e não jogando a bola fora na quarta descida.

Além disso, como o técnico Jon Gruden disse na partida: "Eu amo o que Derek Carr fez, amo o que ele traz para a nossa equipe e estou ansioso para continuar construindo ao seu redor". E quando o gerente geral Mike Mayock foi perguntado sobre as nuances do ataque de Gruden, ele disse: "Já temos um quarterback que executa o ataque de Jon em um nível muito alto". - Paul Gutierrez


Miami Dolphins

O dono, Stephen Ross, jogou água fria nos boatos de Brady para Miami durante a semana do Super Bowl: "Somos uma equipe que está se reconstruindo e não sei por que ele realmente gostaria de vir para os Dolphins", Ross disse. "Ele tem sido um dos competidores mais ferozes que existem, e nós estamos tentando construir para o futuro".

O técnico Brian Flores concordou com esse sentimento e, além dessas palavras, realmente não faz sentido que Miami vá atrás dele. O dinheiro e a localização podem ser intrigantes para Brady, mas Miami está a pelo menos um ano ou dois de ser um participante do playoff. - Cameron Wolfe


San Francisco 49ers

Em um mundo diferente, 49ers e Brady fazem muito sentido juntos, pois é a sua equipe de infância e está pronta para disputar o título agora. Mas os Niners depositam a fé no quarterback Jimmy Garoppolo e têm outros assuntos mais urgentes nesta temporada - como manter os agentes livres Arik Armstead, Jimmie Ward e Emmanuel Sanders, além de renovar com DeForest Buckner George Kittle. O técnico Kyle Shanahan acredita que Garoppolo só vai melhorar à medida que ganha mais experiência, e o gerente geral John Lynch deixou claro que Garoppolo ainda é o homem de San Francisco.

"Estamos extremamente orgulhosos de Jimmy e comprometidos com o seu avanço", disse Lynch. "Ele é o nosso cara. Como eu disse, desde o dia em que ele entrou no nosso prédio, ele nos fez melhorar e continuamos a sentir que é o caso. A coisa mais emocionante sobre ele é o espaço para o crescimento. Ele não chegou nem perto de bater seu teto". - Nick Waggoner