<
>

O resumo das finais de conferência da NFL: Mahomes esquenta Kansas City, San Francisco volta ao passado e Super Bowl definido

Temos um Super Bowl!

A NFL definiu os dois classificados para sua grande final no último domingo. O San Francisco 49ers atropelou o Green Bay Packers, enquanto o Kansas City Chiefs virou mais uma, dessa vez sobre o Tennessee Titans.

O campeão será conhecido no dia 2 de fevereiro, no Hard Rock Stadium, em Miami, com transmissão especial da ESPN e do WatchESPN.

Mas se você perdeu alguma coisa das Finais de Conferência (ou se quer relembrar os grandes lances do domingo), leia o Resumo da Semana do ESPN.com.br!

Mahomes esquenta Kansas City

O dia de playoffs começou em Kansas City, com presença do nosso repórter Fernando Nardini. E os torcedores dos Chiefs o deram uma calorosa acolhida, oposta à temperatura da cidade que marcava sete graus negativos.

O Arrowhead Stadium fazia pressão e tentava intimidar os visitantes, que se protegiam do frio com muitos agasalhos. Quando estava no banco de reservas, o quarterback Ryan Tannehill colocava luvas que o impediam até de utilizar um tablet para rever as jogadas. Mas nada pode parar um atleta que está a um jogo do Super Bowl...

E o Tennessee Titans começou com tudo. Mesmo fora de casa, pontuou nas suas três primeiras campanhas e abriu 17 a 7 no placar. O segundo touchdown, mais uma vez, veio numa jogada "engraçadinha". Após colocar Derrick Henry para passar a bola na última semana, o treinador Mike Vrabel dessa vez escolheu um atleta de linha ofensiva, Dennis Kelly, para receber o touchdown. Com “apenas” 146 kg, ele tornou-se o mais pesado jogador a receber um TD na pós-temporada.

Mas não dá para brincar com os Chiefs. Depois de tirar uma desvantagem de 24 pontos em menos de um quarto na semana passada, o time de Kansas City virou outra partida antes do intervalo e foi para os vestiários vencendo por 21 a 17. Patrick Mahomes, claro, comandou o ataque com dois passes para touchdown e, surpreendentemente, uma longa corrida que assombrou os torcedores.

Atrás no placar, o ataque de Tennessee estacionou no terceiro quarto e se colocou num buraco. Precisando passar mais a bola, os Titans saíram do seu estilo. Antes imparável, Derrick Henry terminou o duelo com apenas 69 jardas em 19 carregadas. Mahomes, por outro lado, teve 294 jardas e três touchdowns passados, o último deles para praticamente matar o jogo numa bomba.

Agora, os Chiefs viajam para Miami e se preparam para tentar vencer o segundo Super Bowl de sua história - o último título foi há 50 anos. E Andy Reid já está pensando em deixar o frio de Kansas City para trás e colocar as roupas de calor...

San Francisco volta ao passado

O domingo de Finais de Conferência continuou com um duelo muito pesado. Os Packers, quatro vezes campeões, visitaram os 49ers, que já têm cinco troféus Vince Lombardi. E os ídolos do passado foram prestigiar, com a lenda viva Jerry Rice até correndo rotas no Levi’s Stadium.

E quem queria voltar ao passado em San Francisco, conseguiu. A franquia que não é campeã desde 1995 apostou num estilo de jogo incomum na NFL contemporânea, passando a bola somente oito vezes em toda a partida. O jogo terrestre tomou conta, como nos velhos tempos, com 42 tentativas para 285 jardas e todos os quatro touchdowns da equipe.

Os Packers não tiveram resposta na defesa e foram destruídos fisicamente logo no início. Ainda no segundo quarto, já perdiam por 17 a 0. E na campanha seguinte... Um erro patético mostrou que o dia não era mesmo de Green Bay.

Melhor para Raheem Mostert, corredor dos 49ers que aproveitou e colocou nos livros dos recordes uma noite histórica. Foram 220 jardas e 4 touchdowns para o atleta de 27 anos que já passou por poucas e boas na NFL. Até 2019, ele nunca havia sequer corrido com a bola na liga, mesmo tendo passado por outros seis times que o dispensaram.

Os Packers melhoraram no segundo tempo e deixaram a derrota menos feia, mas já era impossível alcançar os rivais no placar, que terminou em 37 a 20 para os donos da casa. Só festa para o elenco do San Francisco 49ers, que chegou até a dar entrevista, por meio do astro George Kittle, tirando sarro de seu quarterback ‘bonitão’ Jimmy Garoppolo.

E aí, fã do esporte, quem vence o Super Bowl LIV: Chiefs ou 49ers?