<
>

Resumo da semana 14 da NFL: Arbitragem atrapalha Patriots x Chiefs, Lamar faz história e a 'boca bendita'

Faltam só três semanas para o final da temporada regular da NFL... mas ainda tem muita coisa a ser decidida.

Baltimore Ravens, Kansas City Chiefs e New Orleans Saints estão garantidos nos playoffs. Ou seja: ainda temos nove vagas das doze vagas em jogo.

Perdeu alguma coisa da semana 14? A arbitragem roubando o show na casa dos Patriots? Lamar Jackson fazendo história? Ou o insano duelo entre 49ers e Saints?

Não tem problema... é só ler o nosso resumo da rodada!

Arbitragem rouba a cena, e Patriots caem em casa

O New England Patriots não perdia um jogo de temporada regular em casa desde outubro de 2017. Mas a sequência invicta acabou contra o Kansas City Chiefs de Patrick Mahomes. E não foi um jogo simples.

Os Chiefs abriram vantagem, mas os Patriots voltaram para o duelo. Até que os árbitros resolveram aparecer. Primeiro, impediram que a defesa de New England retornasse um fumble para a end zone. Depois, o touchdown do calouro N'Keal Harry foi incorretamente anulado (acima).

Precisando de um touchdown para levar o confronto à prorrogação, Tom Brady, aos 42 anos, fez sua maior corrida da temporada: 17 jardas. Mas, no fim... deu Chiefs - que ainda garantiram o título da AFC Oeste.

Lamar faz história mais uma vez

O Baltimore Ravens bateu o Buffalo Bills e garantiu o título da AFC Norte. Mas o dia foi especial para Lamar Jackson.

O quarterback correu para 40 jardas, chegou a 1.017 na temporada e se tornou o segundo QB da história a superar as mil jardas em uma campanha - ao lado de Michael Vick, que correu para 1.039 em 2006, com o Atlanta Falcons,

E ele fez tudo isso apesar de Tre'Davious White tentar 'roubar' os planos dos Ravens...

E ainda deu tempo para Marcus Peters desviar o passe que deu a vitória a Baltimore e virar uma cerveja com tudo no meio da torcida.

Insanidade em Nova Orleans

Duas das principais forças da NFC se encontraram no Superdome, e a vitória do San Francisco 49ers sobre o New Orleans Saints por 48 a 46 colocou o time de Jimmy Garoppolo e George Kittle na liderança da conferência.

A dupla, inclusive, resolveu para os Niners em uma quarta descida nos segundos finais do jogo, deixando Robbie Gould em posição de chutar o field goal da vitória.

Olho nos Titans

O Tennessee Titans passou por cima do Oakland Raiders, venceu a quarta seguida e embolou de vez a AFC Sul. O time agora divide a liderança da divisão com o Houston Texans.

E se você estranhou que o vídeo acima é de uma interceptação lançada por Ryan Tannehill, a primeira em quatro jogos, assista até o fim e veja o que ele fez no final da jogada...

Deshaun voa... e perde

E se os Titans chegaram de vez na briga, os Texans são culpados disso. Afinal, apesar de todo o esforço de Deshaun Watson, Houston sequer esboçou reação contra o Denver Broncos: 38 a 24.

O grande momento dos Texans foi antes do jogo, quando os linebackers do time chegaram homenageando o clássico da Sessão da Tarde "Dodgeball: Com a Bola Toda".

Bem-vindo à temporada, Los Angeles Rams

O Seattle Seahawks foi até Los Angeles como líder da NFC Oeste. Mas saiu vendo os Rams esquentando a briga.

Todd Gurley entrou na end zone pela terceira vez nos últimos quatro jogos, a defesa fez cinco sacks em Russell Wilson, e Los Angeles venceu por 28 a 12.

A recepção do ano?

O Green Bay Packers fez o dever de casa e bateu o Washington Redskins sem muitas dificuldades.

Mas quem fez a jogada do dia foi Terry McLaurin, calouro dos Redskins, que entrou na end zone com uma recepção surreal.

Eli de volta e a 'boca bendita'

Com o calouro e titular Daniel Jones machucado, Eli Manning voltou aos gramados no Monday Night Football no que pode ter sido o último jogo de sua carreira no horário nobre. E o quarterback campeão de dois Super Bowls teve momentos que lembraram os velhos tempos, com 2 touchdowns passados e alguns lindos lançamentos.

E quem acompanha as transmissões de NFL nos canais ESPN sabe: quando Everaldo Marques e Paulo Antunes falam alguma coisa, a 'boca maldita' aparece e exatamente o contrário acontece em campo. Mas não dessa vez!

O resultado, porém, foi de vitória dos Eagles - de virada - na prorrogação. E agora Eli Manning tem mais derrotas que vitórias na carreira (116-117).

Os eliminados

Mais cinco times foram oficialmente eliminados na semana 14.

O Los Angeles Chargers venceu o Jacksonville Jaguars, mas nenhum deles têm chances de chegar aos playoffs. O Tampa Bay Buccaneers passou pelo Indianapolis Colts, mas também está fora da briga. O mesmo vale para o New York Jets que passou pelo Miami Dolphins.

O último time da lista é o Carolina Panthers, que caiu contra o Atlanta Falcons.