<
>

Donald Trump diz que 'adoraria' ver Kaepernick na NFL 'se ele for bom o bastante'

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse, nesta sexta-feira, que “adoraria” ver Colin Kaepernick de volta à NFL “ se ele foi bom o suficiente”.

O mandatário foi questionado sobre quarterback ex-San Francisco 49ers durante um encontro com a imprensa fora da Casa Banca. Kaepernick, que não joga na NFL desde 2016, postou um vídeo no Twitter na última quarta-feira dizendo estar pronto para jogar.

“Apenas se ele foi bom o bastante. Se ele for bom o suficiente, eles deveriam contratá-lo. Por que ele não jogaria se fosse bom o bastante?”, questionou Trump.

“Eu acho que se ele fosse bom o bastante, eu conheço dos proprietários, eu conheço Bob Kraft, eu conheço vários outros donos, se ele é bom o suficiente, eles assinariam com ele”, continuou.

“Então, se ele é bom o bastante, eu conheço essas pessoas – eles iriam assinar com ele em um instante. Eles fariam qualquer coisa que pudessem para ganhar jogos”, seguiu o mandatário.

“Sinceramente, eu adoraria ver Kaepernick entrar, se ele é bom o bastante. Mas eu não quero ver ele entrar porque alguém acha que é uma boa ação de marketing. Se ele é bom o bastante, ele vai entrar”, completou.

Kaepernick ganhou atenção mundial quando ficou sentado, e depois passou a se ajoelhar, durante a execução do hino nacional, em protesto contra a injustiça racial e a brutalidade policial nos Estados Unidos.

Em 2017, durante um discurso, Trump criticou os jogadores da NFL que protestam durante o hino, sugerindo que os donos de franquias demitissem estes atletas. Segundo ele, os protestos estavam “machucando o jogo” e os torcedores ofendidos deveriam deixar os estádios.