<
>

Jordy Nelson assina contrato de um dia para encerrar carreira no Green Bay Packers

play
Paulo Antunes pela NFL: Filho de punter dos Rams rouba a cena e tenta 'comer' microfone em entrevista (1:04)

Comentarista da ESPN conversou com Johnny Hekker, e o filho Jett, após treino do Los Angeles Rams (1:04)

Pouco mais de um ano depois de dizer estar “machucado” pelo Green Bay Packers não ter feito mais para que pudesse se aposentar como jogador da franquia, Jordy Nelson decidiu se aposentar da NFL como atleta do time de Wisconsin.

Nelson, que jogou por 10 temporadas (2008 até 2017) nos Packers, vai assinar um contrato de um dia com a franquia para então se aposentar oficialmente.

O wide receiver jogou sua última temporada pelo Oakland Raiders, depois de ter sido dispensado pelo GM Brian Gutekunst pouco depois de encerrada a temporada 2017.

“Acho que a dor foi, para ser honesto, pela falta de vontade de fazer isso funcionar. Mas, de novo, são negócios e eles têm que fazer o que acham que é o melhor”, disse Nelson pouco depois da dispensa.

Pelos Packers, Nelson jogou 136 partidas e estabeleceu números interessantes, com 550 recepções (3ª maior marca da história da franquia), 7.848 jardas (5º), 69 touchdowns (2º), e 25 jogos com pelo menos 100 jardas (3º).

Ele é também o único jogador da história do time com três temporadas com pelo menos 13 recepções para TD (2011,2014 e 2016), e fez com Aaron Rodgers a dupla QB/WR recordista dos Packers em touchdowns (65), superando a marca de Brett Favre e Antonio Freeman.

Um dos momentos mais memoráveis da carreira do jogador foi no Super Bowl XLV, quando ele recebeu nove passes para 140 jardas e um touchdown.