<
>

Olha a 'zebra'! Calouro faz história, ataque atropela e Jaguars eliminam Steelers em Pittsburgh

Jogando em casa e com Antonio Brown de volta, poucos imaginavam que os Steelers não sairiam de campo vencedores neste domingo.

Mas aconteceu!

A não foi exatamente pelas mãos da defesa, o maior destaque dos rivais. O Jacksonville Jaguars brilhou também no ataque, quebrou recordes históricos no Heinz Field e conseguiu uma incrível vitória por 45 a 42 para se classificar à decisão da AFC.

A briga pelo título da conferência agora será diante do New England Patriots, no próximo final de semana. E os jaguares mais uma vez entrarão em campo como as ‘zebras’.

Eles já sabem, porém, que podem contar com um calouro incrível.

Já sabiam, é verdade. Mas neste domingo, Leonard Fournette mostrou que não é de se intimidar nem nas situações mais adversas. Em plena casa rival e diante de uma poderosa defesa, correu para 109 jardas e ainda anotou três touchdowns.

Se tornou, assim, o primeiro calouro da história da NFL a conseguir uma partida com pelo menos 109 jardas e três touchdowns nos playoffs.

Criticado, o QB Blake Bortles também fez a sua parte: 214 jardas, nenhuma interceptação e mais um TD – lançado para Tomy Bohanon, que só tinha seis recepções em toda a temporada.

E a defesa, claro, também apareceu. Foram dois sacks de ‘Sacksonville’. Em um deles, os Jaguars forçaram um fumble que acabou em touchdown de Telvin Smith.

Com isso tudo, os Jaguars simplesmente conseguiram a maior pontuação já vista em Pittsburgh em um jogo de playoffs na era Super Bowl. Tirando o recorde dos donos da casa, que chegaram 'apenas' a 42 pontos em 1996 contra os Colts.

Do outro lado, os Steelers também jogaram muito – o que valorizou ainda mais o triunfo de Jacksonville.

Big Ben lançou para cinco touchdowns, dois deles para Antonio Brown (dono ainda de 132 jardas na partida). Le’Veon Bell também recebeu um e ainda correu para outro, somando mais 155 jardas de scrimmage.