<
>

NBA: Sem Ja Morant, Memphis Grizzlies massacra o Oklahoma City Thunder e impõe maior atropelo da história

Nesta quinta-feira, o Memphis Grizzlies venceu o Oklahoma City Thunder por 73 pontos de diferença, a maior marca da história da NBA


A maior diferença de pontos da história da NBA foi estabelecida nesta quinta-feira! O Memphis Grizzlies não tomou conhecimento e atropelou o Oklahoma City Thunder por 152 a 79, uma vantagem de 73 pontos, estabelecendo o novo recorde.

A marca anterior pertencia ao Cleveland Cavaliers, que venceu o Miami Heat por 68 pontos em 17 de dezembro de 1991. Agora, Memphis é o novo recordista. E a equipe fez tudo isso sem Ja Morant, a principal estrela da equipe, que se recupera de uma lesão no joelho.

O cestinha da partida foi Jaren Jackson Jr, que anotou 27 pontos. O banco de reservas de Memphis somou 93 pontos, 14 a mais que o Thunder inteiro somado.

Com o resultado, os Grizzlies chegaram a 11 vitórias e 10 derrotas na temporada, enquanto o Thunder tem 6 vitórias e 15 derrotas. Oklahoma também acumulou marcas negativas, principalmente individualmente.

O plus minus, estatística que mede o saldo de pontos da equipe enquanto um jogador esteve em quadra, de Robinson-Earl foi de -56, a segunda pior marca individual da história da NBA. O melhor do Thunder no quesito foi Pokusevksi, que jogou apenas 19 minutos e terminou -20.