<
>

Estrelas da NBA lamentam aposentadoria de LaMarcus Aldridge aos 35 anos

Nesta quinta-feira (15) uma notícia pegou todos os fãs da NBA de surpresa. Poucas semanas após assinar com o Brooklyn Nets, o ala-pivô LaMarcus Aldridge, de 35 anos, anunciou a sua aposentadoria do basquete por conta de um problema cardíaco. O anúncio oficial foi feito através das redes sociais.

"Hoje, eu escrevo esta carta com o coração pesado. No meu último jogo (sábado, 10 de abril), joguei com um batimento cardíaco irregular. Depois naquela noite meu ritmo ficou ainda pior, o que me preocupou ainda mais. Na manhã seguinte, eu contei ao time o que estava acontecendo e eles foram incríveis, me levaram ao hospital para me examinar. Apesar de eu me sentir melhor agora, o que eu senti com meu coração naquela noite foi uma das coisas mais assustadores que já vivi", começou por dizer.

"Isso posto, eu tomei a difícil decisão de me aposentar da NBA. Por 15 anos, eu coloquei o basquete em primeiro lugar, e agora é hora de colocar minha saúde e minha família em primeiro. Sou grato por tudo que este esporte me deu: grandes lembranças, incluindo todos os altos e baixos, e as amizades que eu fiz e vou levar para sempre. Eu agradeço ao Portland por ter draftado um garoto magrelo do Texas e ter dado uma chance a ele. A cidade de Portland me deu alguns anos inesquecíveis", prosseguiu.

"Eles estarão sempre no meu coração. Eu quero agradecer aos Spurs por me deixarem entrar na família e me darem cinco anos divertidos. Por último mas não menos importante, eu que agradecer a Brooklyn. Vocês me quiseram por mim. Em um esporte que está mudando tanto, vocês me chamaram para fazer o que eu faço, o que foi bom de ouvir. Me desculpem por isso não ter durado muito, mas eu definitivamente me divertido sendo parte de um grupo especial. Você nunca sabe quando algo vai acabar, então tenha certeza de que vai aproveitar cada dia. Eu posso dizer de verdade que eu fiz isso”, concluiu.

Várias estrelas da NBA reagiram ao anúncio da aposentadoria de Aldridge:

Nikola Vucevic, pivô dos Bulls: "Um dos mais difíceis que eu já tive que marcar. Parabéns pela incrível carreira. Curta o tempo com a família".

Danny Green, ala dos Sixers: "Carreira lendária, meu irmão..."

Bradley Beal, ala dos Wizards: "Parabéns LA! Rei dos chutes de meia distância. Curta sua família agora".

Nicolas Batum, ala dos Clippers: "Foi uma honra ter jogado com você meu irmão. Te desejo o melhor e para sua família também. Se cuide".

Isaiah Thomas, armador da NBA: "Carreira digna de Hall da Fama e uma pessoa ainda melhor. Te saúdo".