<
>

NBA: Doncic, LaMelo, Tatum...Quem são 25 maiores craques abaixo dos 25 anos

Quais jovens estrelas da NBA estão se destacando e quais equipes possuem os melhores jovens talentos do campeonato?

Bobby Marks, Kevin Pelton e Mike Schmitz classificam seus 25 melhores jogadores com menos de 25 anos com base no potencial futuro, incluindo LaMelo Ball, Luka Doncic, Jayson Tatum, Zion Williamson e Trae Young.

Nota: As classificações individuais de cada escritor estão listadas na parte inferior desta história. Este ranking é uma média.

1. Luka Doncic - Dallas Mavericks - Armador/Ala
Idade : 22

Doncic se junta a Anthony Davis, Giannis Antetokounmpo e Kevin Durant como os únicos jogadores a ocupar a primeira posição em anos consecutivos.

Selecionado como o nº 3 no draft da NBA de 2018 (não lembre Phoenix, Sacramento e Atlanta), Doncic está com média de 28,6 pontos, 8,1 rebotes e 8,8 assistências nesta temporada. Ele está convertendo 48,8% dos arremessos de quadra e 37,1% dos arremessos de 3.

O jogador de 22 anos foi selecionado para começar em dois All-Star Games e será nomeado para a equipe All-NBA pela segunda temporada consecutiva. Essas honras All-NBA o farão elegível para assinar uma prorrogação de cinco anos e 200 milhões de dólares na pré-temporada. - Marks

2. Zion Williamson - New Orleans Pelicans - Ala / Pivô
Idade: 20

Embora Williamson já estivesse em segundo lugar em nosso ranking um ano atrás, menos de dois meses depois do início de sua carreira na NBA, ele impressionou em seu segundo ano com uma campanha impressionante. À medida que Williamson desenvolve a sua criação de jogadas, ele melhorou sua pontuação a cada mês nesta temporada sem prejudicar sua porcentagem de finalização ultra alta.

O próximo passo para Williamson é traduzir todo esse talento individual em sucesso coletivo enquanto os Pelicans lutam por um lugar no torneio play-in. Tendo como base sua evolução defensiva, ele ajudará essa causa. - Pelton

3. LaMelo Ball - Charlotte Hornets - Armador
Idade: 19

Antes de quebrar o pulso, Ball estava registrando números históricos para um jovem de 19 anos, e a facilidade com que ele enganava as defesas da NBA se destacava ainda mais do que a sua produção. Dado seu tamanho posicional, visão sobrenatural, instintos de elite, criatividade, habilidade e confiança inabalável, Ball tem tantas qualidades a longo prazo como qualquer pessoa na NBA que não se chame Zion ou Luka.

O que o torna especial não pode ser ensinado, e ele provavelmente se tornará ainda mais problemático para as defesas à medida que ele amadurecer fisicamente. - Schmitz

4. Donovan Mitchell - Utah Jazz - Armador
Idade: 24

O cestinha da equipe que mais venceu na NBA nessa temporada, Mitchell continua a se desenvolver, passando de um pontuador no início de sua carreira para uma força ofensiva bastante completa. Nesta temporada, ele evoluiu tanto nos arremessos de 3 pontos (alcançando 40% na sua carreira enquanto tenta 8,6 chutes de 3 por jogo) quanto como playmaker (sua taxa de assistência subiu quase um terço por minuto).

Uma presença consistente no top 10 destes rankings desde sua estreia, Mitchell aparece com sua posição mais alta em seu último ano de elegibilidade. - Pelton

5. Jayson Tatum - Boston Celtics - Pivô
Idade: 23

Principal exemplo no caso em que o desenvolvimento do jogador não é tão linear quanto gostaríamos de acreditar, Tatum praticamente não caiu de rendimento nesta temporada onde os Celtics têm deslizado. Ele aumentou seu ‘usage rate’ para 30% das jogadas do Boston, sem perder muito em termos de eficiência, e está dando uma alta taxa de 4,3 assistências por 36 minutos.

Vale a pena lembrar também: Tatum é um ano e meio mais novo que Mitchell, que também fez parte do draft de 2017 que produziu quatro dos nove melhores jogadores desta lista. - Pelton

6. De'Aaron Fox - Sacramento Kings - Armador
Idade: 23

Fox é um dos únicos sete jogadores da NBA com uma média de pelo menos 24 pontos e 7 assistências por jogo como líder de uma franquia Kings que finalmente parece estar na direção correta.

Como eu disse no ano passado, o jogo de Fox melhorou - ele está conseguindo o equilíbrio entre o uso de sua velocidade e aproveitando o que a defesa lhe dá. De acordo com dados do Second Spectrum, Fox gera o quinto maior número de pontos por posse.

Uma vez que ele consiga obter suas bolas de 3 acima da média da liga, Fox estará perto de se tornar imparável. - Schmitz

7. Ben Simmons - Philadelphia 76ers - Armador / Ala
Idade: 24

Simmons cai dos cinco primeiros pela primeira vez desde 2018.

Apesar da queda de três posições, Simmons ainda é considerado um dos melhores jogadores defensivos da NBA e provavelmente será nomeado All-Defense pela segunda temporada consecutiva. Ele ocupa o segundo lugar em bolas recuperadas e o quarto em tocos, e é uma grande razão pela qual os 76ers ocupam o segundo lugar em eficiência defensiva. - Marks

8. Devin Booker - Phoenix Suns - Armador
Idade: 24

Booker se junta a Simmons como os únicos jogadores que apareceram na lista dos 25 melhores até 25 anos por cinco anos consecutivos.

Booker ajudou a elevar uma equipe mediana a uma com o segundo melhor desempenho na Conferência Oeste. Nesta temporada, ele marcou mais de 30 pontos em 13 jogos, incluindo 45 com 17 de 24 tentativas de arremessos de quadra, em uma vitória contra o Chicago.

Frequentemente taxado como pontuador unidimensional, Booker está com a média mais alta de roubos em sua carreira, ao mesmo tempo em que coloca um rating defensivo de 109,2 - a segunda melhor em sua carreira. - Marks

9. Bam Adebayo - Miami Heat - Ala / Pivô
Idade: 23

As gerações futuras ficarão confusas ao olhar para trás e ver como Adebayo não jogou o All-Star Game, apesar de ter melhorado em todos os quesitos em uma campanha de 2019-20 que terminou nas Finais da NBA. Com os jogadores criativos do Miami muitas vezes indisponíveis devido a lesões, Adebayo aumentou sua média de pontuação em 3,4 pontos por jogo enquanto continua a distribuir 5,3 assistências por noite.

Um dos defensores mais versáteis da NBA, Adebayo segue entre os top-10 defensores e tem sido a fortaleza do Heat. - Pelton

10. Shai Gilgeous-Alexander - Oklahoma City Thunder - Armador
Idade: 22

Não me surpreenderia se SGA chegasse entre os cinco primeiros da lista no próximo ano. Pegando a tocha de Chris Paul, Gilgeous-Alexander apareceu como a cara da franquia, melhorando sua eficiência apesar de ter carregado uma carga muito maior em sua terceira temporada. Ele é um dos únicos oito jogadores com uma média de pelo menos 23 pontos e 5 assistências em mais de 60% de ‘true shooting’.

Além de sua melhor marca (42% em arremessos de 3), o armador de 1,98m está começando a mostrar mais da visão de quadra que me levou a classificá-lo como o melhor armador de pontos não chamado Doncic no Draft de 2018. - Schmitz

11. Brandon Ingram - New Orleans Pelicans - Ala
Idade: 23

Mesmo com Williamson em meio a uma temporada explosiva, Ingram tem mantido sua produção enquanto mostra um crescimento contínuo como facilitador com a melhor relação de assistência para a perda de posse de bola (1,98) de sua carreira. Embora ele não seja do mesmo calibre como defensor e ainda não tenha provado o seu valor nos playoffs, Ingram é apenas cinco meses mais velho que Tatum - igualmente tão produtivo ofensivamente com bastante vantagem para crescer em ambos os lados.

Assim como quando o classifiquei à frente de Ben Simmons em 2016, estou sendo otimista com o potencial de longo prazo de Ingram e na capacidade de transformar o New Orleans em um vencedor ao lado de Williamson. - Schmitz

12. Jaylen Brown - Boston Celtics - Armador / Ala
Idade: 24

Apesar de uma temporada decepcionante até agora, os Celtics têm dois jogadores entre os 15 melhores com Tatum e Brown.

Nomeado para seu primeiro All-Star Game em março, Brown está com as médias mais altas na carreira em minutos (33,9), pontos (24,5), porcentagem de arremessos de quadra (48,4%), assistências (3,6), roubos (1,3) e eficiência no arremesso livre (75,6%).

Brown está no primeiro ano de uma prorrogação de quatro anos, US$107 milhões (R$600 milhões) de extensão e ganhará um bônus de US$1,3 milhão (R$7 milhões) por sua ida ao All-Star se ele aparecer em pelo menos 58 jogos nesta temporada. - Marks

13. Jamal Murray - Denver Nuggets - Armador
Idade: 24

Mesmo depois de ter subido seis posições em relação à temporada passada, Murray poderia estar pronto para outro salto. Considere que Murray lidera todos os jogadores desta lista com 6,8 vitórias produzidas, de acordo com o real plus-minus da ESPN.

Enquanto os outros armadores na sua frente podem ser cestinhas mais produtivos, Murray lidera muitos deles em eficiência, graças aos 41% de aproveitamento em arremessos de 3 pontos. Esse nível de precisão pode não ser sustentável em grandes volumes (6,6 tentativas por jogo), mas Murray sempre perfilou como melhor arremessador do que sua porcentagem de 3 pontos (36% na carreira durante suas primeiras quatro temporadas). - Pelton

14. Michael Porter Jr. - Denver Nuggets - Pivô
Idade: 22

Porter parecia pertencer ao top 10 destes rankings no mês passado. Em seus 14 jogos (todos como titular), Porter obteve uma média de 20,3 pontos em 59,4% dos arremessos de quadra e 53,2% de arremessos de 3, enquanto pegou 9,1 rebotes e apenas um turnover por jogo. Os Nuggets foram 11-3 durante esse período.

A última escolha na loteria de 2018, Porter é elegível para uma extensão de novato nesta pré-temporada. - Marks

15. Ja Morant - Memphis Grizzlies - Armador
Idade: 21

No. 4 na minha lista no ano passado, Morant ainda não deu o salto que eu esperava, pois está acertando apenas 25,4% dos chutes de fora do perímetro. Mas o fato de Morant ter os Grizzlies na busca pelos playoffs mais uma vez reflete o seu impacto positivo nas vitórias.

Ele continua sendo um passador de alto nível e detém um potencial de superestrela com sua confiança inabalável. Além disso, é importante lembrar que Morant estava enfrentando a competição da Ohio Valley Conference há menos de dois anos. Morant não faz 22 anos até 10 de agosto, e eu anteciparia uma evolução semelhante à de De'Aaron Fox em 3 ou 4 anos. - Schmitz

16. Trae Young - Atlanta Hawks - Armador
Idade: 22

A carreira de Young será um estudo de caso interessante sobre a importância das limitações defensivas. Por causa de sua pequena estatura, Young sempre terá dificuldade em se igualar aos melhores armadores da liga ou em jogar numa transição defensiva, forçando seus treinadores a se tornarem criativos na defesa.

Essas preocupações ajudaram a colocar Young atrás de armadores pontuadores que não foram quase tão produtivos ofensivamente na mesma idade. Ele deu voluntariamente um passo atrás no ataque dos Hawks nesta temporada com mais opções ofensivas ao seu redor, mas continua sendo quase tão indispensável para a capacidade do time de pontuar como quase qualquer jogador do campeonato. - Pelton

17. Mikal Bridges - Phoenix Suns - Ala
Idade: 24

Bridges é um dos cinco estreantes nesta lista.

Adquirido do Philadelphia como parte de uma troca de Draft de 2018, Bridges foi promovido de sexto homem para agora titular. Conhecido como um dos melhores defensores de perímetro da liga, o ala está com a média mais alta de pontos na carreira (13,2), porcentagem arremessos de quadra (52,9%), eficiência em arremessos de 3 pontos (40,5%) e porcentagem de arremessos totais (64,7%).

O jogador de 24 anos é elegível para renovação nesta pré-temporada. - Marks

18. Domantas Sabonis - Indiana Pacers - Ala / Pivô
Idade: 24

Um de apenas seis jogadores abaixo de 25 anos com múltiplas aparições no All-Star Game em seu currículo, Sabonis tem feito regularmente duplos-duplos (seus 34 estão empatados em terceiro lugar na NBA nesta temporada) e distribuir assistências (suas 6 por jogo em 13º lugar na história entre os jogadores de 2,10m ou mais altos, de acordo com Stathead.com).

A questão que mantém Sabonis atrás dos outros All-Stars desta lista é saber se ele pode proteger a cesta com sucesso, um ponto fraco quando ele se compara com o líder de tocos da NBA Myles Turner. - Pelton

19. Anthony Edwards - Minnesota Timberwolves – Ala-armador
Idade: 19

Enquanto LaMelo Ball é o destaque desta classe de novatos, Edwards discretamente somou números impressionantes no último mês, com destaque para os 42 pontos em uma vitória sobre os Suns. Construído como um linebacker com uma mudança de direção de elite e uma movimentação semelhante aos grandes pontuadores da atualidade, Edwards tem o potencial para liderar a liga em pontos algum dia, mesmo que haja espaço considerável para melhorar sua consistência defensiva e sua tomada de decisões.

Sua combinação de força, rapidez e transição é incrivelmente rara. Eu vejo Edwards como um futuro All-Star, desde que ele continue a eliminar algumas de suas falhas. - Schmitz

20. Deandre Ayton - Phoenix Suns - Pivô
Idade: 22

Ayton completa o trio de jogadores do Suns nomeados para esta lista.

Apesar de ter uma média de 14,5 pontos por partida (em apenas 10,2 tentativas de arremessos de quadra) e de ter caído duas posições em relação a um ano atrás, Ayton está tendo sua temporada mais eficiente até hoje. A antiga escolha nº1 tem um rating ofensivo de 115,8 na carreira, enquanto tem 60,8% de aproveitamento nos arremessos de quadra.

Assim como Bridges, Ayton é elegível para uma prorrogação de novato nesta temporada. - Marks

21. Tyrese Haliburton - Sacramento Kings - Armador
Idade: 21

O jogador nº 2 em minhas projeções para o Draft de 2020 cumpriu com essa expectativa apesar de ter passado para a 12ª posição na noite do Draft.

Se em algum momento, Haliburton excedeu as expectativas com seus arremessos de quadra (42% de 3 pontos) e capacidade de pedir bons pick-and-roll - setores que supostamente eram preocupantes. Notavelmente, os 1,04 pontos por tentativa dos Kings nos pick-and-rolls de Haliburton o colocam acima de 80% dos jogadores com pelo menos 250 jogadas desse tipo, de acordo com o Second Spectrum tracking. - Pelton

22. John Collins - Atlanta Hawks - Ala / Pivô
Idade: 23

O desempenho de Collins na quadra diminuiu desde que deu um salto significativo em seu segundo ano. Como resultado, o melhor jogador dentre os sem contrato em 2021 caiu três posições em relação ao ano passado.

Collins ainda tem uma média de 18,1 pontos e 7,7 rebotes apesar de ter nove jogos nos quais ele tentou menos de nove arremessos de quadra. Antes de machucar seu tornozelo no final de março, Collins estava superando seu recorde pessoal de 38 pontos na carreira em uma vitória contra o Golden State. - Marks

23. Jarrett Allen - Cleveland Cavaliers - Pivô
Idade: 22

Embora tenha perdido tempo com uma concussão, Allen já provou ser um parceiro perfeito para pick-and-roll para os armadores do Cleveland, Collin Sexton e Darius Garland, ao mesmo passo que lhes oferece um bom defensor que é muito bom em pegar rebotes confiável dentro do garrafão.

Allen é um dos pivôs que mais pontuou na liga entre os abaixo de 25 anos, mas seu potencial de habilidade me intriga mais a longo prazo. Um passador subestimado com a habilidade de converter arremessos para 3 pontos, Allen pode continuar exercitando esse fundamento para ajudá-lo a chegar ao próximo nível. - Schmitz

24. Lonzo Ball - New Orleans Pelicans - Armador
Idade: 23

Depois de voltar a sua forma com a ajuda do assistente técnico do New Orleans, Fred Vinson, e fazer 37,5% de seus arremessos para 3 pontos em 2019-20, o Ball voltou ainda mais forte nesta temporada, melhorando para 39% de fora do perímetro e a marca mais alta na carreira (78%) no lance livre.

Não, Lonzo provavelmente nunca se tornará um tradicional armador de pick-and-roll que cria a partir do drible, o que significa que ele não tem o lado positivo de seu irmão mais novo. Mas este Ball se mostra um jogador valioso para os próximos anos graças a seu arremesso, passes em transição e força defensivamente. -- Pelton

25. Collin Sexton - Cleveland Cavaliers - Armador
Idade: 22

Deixado de fora desta lista na última temporada, Sexton está brilhando com sua habilidade explosiva de marcar pontos e constantemente se aperfeiçoando no jogo. Apenas três jogadores com menos de 25 anos na NBA estão com uma média de pelo menos 24 pontos e quatro assistências em pelo menos 50% nos arremessos de 2 e 35% em arremessos de 3 - Doncic, Booker e Sexton.

Sexton tem acrescentado algo novo ao seu estilo de jogo a cada temporada e é o tipo exato de jogador que você quer apostar na maximização de seu potencial futuro. -- Schmitz