<
>

LeBron James no Heat: 10 anos após 'The Decision', relembre 10 grandes momentos do astro em Miami

*Conteúdo patrocinado por Bradesco e Ford

Há exatos 10 anos, em 8 de julho de 2010, o mundo assistia ao desfecho da maior "saga" de um agente livre na história da NBA.

No especial da ESPN nominado "The Decision", LeBron James, então com 25 anos, anunciou para o mundo que estava deixando o Cleveland Cavaliers para ir ao Miami Heat, onde Dwyane Wade e Chris Bosh o aguardavam.

Foram quatro anos, quatro idas às Finais, dois títulos, dois MVP's e dois MVP's de Finais no Heat, estabelecendo o reinado de LeBron como um dos maiores da história.

Vamos relembrar os 10 momentos mais marcantes do astro em Miami:

"Eu estarei levando meus talentos para South Beach"

Foi com esta frase, no dia 8 de julho, que LeBron anunciava para o mundo seu próximo passo na NBA.

Dali em diante, a liga e sua história nunca mais seriam as mesmas. O supertrio com Wade e Bosh deu show em quadra e trouxe dois títulos ao Heat.

"Não só um, não dois, não três..."

A frase se tornou emblemática no dia da apresentação do supertrio em Miami. LeBron disse que não veio a Miami para ganhar só um título.

"Não só um, não dois, não três, não quatro, não cinco, não seis, não sete...", continuou o camisa 6.

Ele trouxe dois, mas já foi o suficiente para o torcedor do Heat ser eternamente grato.

"Esse não é o prêmio que eu quero"

Em 2012, LeBron James foi eleito o MVP da NBA. No seu discurso, na época vindo de outro vice-campeonato e sem ter sido campeão ainda, o camisa 6 foi enfático.

"Nação Heat, nós temos um objetivo maior. Isso é ótimo para mim como um prêmio individual, mas não é o prêmio que eu quero no fim das contas. Eu quero ser campeão".

Recorde de pontos

Em 3 de março de 2014, já no fim da sua era no Heat, LeBron James teve a sua maior marca de pontos até hoje na carreira: 61, diante do Charlotte Hornets.

Ele ainda teve 7 rebotes e 4 assistências na partida.

Decretando o 'fim' do trio dos Celtics

A final da Conferência Leste de 2012 colocou o Heat frente a frente com o Boston Celtics de Ray Allen, Paul Pierce e Kevin Garnett.

Boston chegou a abrir 3 a 2 na série, mas LeBron, com 45 pontos no jogo 6, conduziu o Heat à vitória no confronto rumo ao seu primeiro título.

Essa foi a última vez que o trio dos Celtics jogaria junto, com Allen se aliando ao Heat na temporada seguinte.

O tão sonhado primeiro titulo

Depois do vice para os Mavericks no ano anterior, LeBron estava pressionado para ganhar seu primeiro título na carreira. E ele veio diante do Oklahoma City Thunder de Kevin Durant, Russell Westbrook e James Harden.

Não foi fácil, o Heat perdeu o jogo 1, mas venceu os quatro seguintes, e LeBron atingia a glória máxima.

Toco em Splitter

Nas Finais de 2013, LeBron James fez um lance histórico. O brasileiro Tiago Splitter, no jogo 2, recebeu a bola na entrada do garrafão e achava ter o caminho livre para enterrada. Achava...

LeBron surgiu do nada e deu um toco antológico no pivô dos Spurs.

Ponte aérea com Wade

Uma das imagens mais icônicas da história da NBA foi feita em 2010, no jogo entre Heat e Bucks. Dwyane Wade deu uma assistências para LeBron James e saiu correndo para o abraço de costas para o lance, só esperando a enterrada brutal de James.

Série contra os Pacers em 2012

Não foi só contra os Celtics que o Heat chegou a temer por sua continuidade nos playoffs de 2012. Na semi do Leste, os Pacers chegaram a abrir 2 a 1. Mas Miami, com LeBron dominante, virou o confronto.

Bicampeonato

O título de 2013 do Heat foi épico. Miami ficou por duas vezes atrás na série, mas venceu o San Antonio Spurs em sete partidas com direito a um emocionante jogo 6 com "aquela" cesta de Ray Allen. LeBron foi o MVP das Finais com médias de 25,3 pontos, 10,9 rebotes, 7 assistências, 2,3 roubos e 0,9 tocos.