<
>

NBA: Os 12 jogos mais importantes do reinício da temporada

play
JaVale McGee 2.0? Pivô dos Lakers treina forte e acerta várias bolas de três seguidas (0:21)

NBA volta no fim de julho direto de Orlando, na Flórida; Lakers estão entre os favoritos ao título (0:21)

A retomada da temporada 2020 da NBA finalmente tem sua tabela.

Cada equipe fará oito jogos de temporada regular para ajudar a finalizar a classificação para os playoffs, com as duas primeiras partidas sendo disputadas em 30 de julho, quando Utah Jazz entrar em quadra contra o New Orleans Pelicans, seguido por LA Clippers e Los Angeles Lakers. Os times terão aproximadamente duas semanas para garantir suas posições nos playoffs.

Aqui estão os 12 jogos que mal podemos esperar para assistir no retorno da NBA.

Os horários das partidas são todos de Brasília.


New Orleans Pelicans x Utah Jazz
30 de Julho, 19h30

O Jazz tem a máxima confiança de que Rudy Gobert e Donovan Mitchell podem coexistir como os pilares da franquia, mas será que veremos algum tipo de resíduo dos acontecimentos que precederam a paralisação da temporada - a falta de preocupação de Gobert e o teste positivo de Mitchell? E por falar em Gobert, Zion Williamson tentando enterrar em cima do francês é uma boa maneira de retomar o basquete.

- Tim MacMahon


Los Angeles Lakers x LA Clippers
30 de Julho, 22h

Embora a atmosfera em Orlando, na Flórida, não seja a mesma do Staples Center, a intensidade entre esses rivais permanece lá em cima. Embora a vantagem de mando de quadra não faça mais parte da equação, ambas as equipes precisarão conseguir sua química de volta rapidamente enquanto sonham com uma longa campanha de playoffs. Os Lakers podem substituir Avery Bradley e encontrar a mesma consistência que tinham antes da paralisação? Como os Clippers vão jogar em força máxima e como Doc Rivers vai gerenciar os minutos de um elenco tão profundo?

- Nick Friedell


Portland Trail Blazers x Memphis Grizzlies
31 de Julho, 17h

A corrida pela oitava vaga no Oeste pode ficar entre os Grizzlies e um dos finalistas de conferência da última temporada, Trail Blazers. O confronto entre armadores - Damian Lillard e Ja Morant - deve ser particularmente divertido. Lillard precisou sair da partida por conta de uma lesão na virilha quando essas equipes se enfrentaram em 12 de fevereiro, e os 20 pontos e nove assistências de Morant levaram o Grizzlies a uma vitória em casa.

- MacMahon


Boston Celtics x Milwaukee Bucks
31 de Julho, 19h30

Giannis Antetokounmpo está totalmente recuperado de uma lesão no joelho que lhe causou alguns problemas antes da suspensão da temporada. Sua primeira chance de disputar basquete em alto nível será contra os Celtics, um potencial adversário nos playoffs. Com uma vantagem de seis jogos e meio sobre o segundo colocado Raptors, os Bucks podem usar esse reinício da temporada regular como um aquecimento para os playoffs.

Os Celtics não têm esse luxo, já que estão apenas dois jogos e meio na frente de Miami, com as duas equipes querendo ‘escapar’ dos Bucks nas semifinais de conferência. Jayson Tatum marcou 28 ou mais pontos em sete de seus nove jogos após a pausa para o All-Star, e procurará retomar de onde parou.

- Friedell


Miami Heat x Denver Nuggets
1° de Agosto, 14h00

É esperado que este confronto possa nos dar uma ideia de como Nikola Jokic, que, antes de um diagnóstico positivo de COVID-19 no início desta semana, havia perdido 15 quilos e transformado seu corpo durante a pausa da liga, está. Para Denver, será interessante ver que tipo de impulso o time terá de Michael Porter Jr., que pode ajudar bastante Jamal Murray e o próprio Jokic.

Quanto ao Heat, esse ambiente é feito para Jimmy Butler jogar seu basquete. Com Butler, Bam Adebayo e a experiência nos playoffs de Andre Iguodala, o Heat tem a capacidade e a confiança para fazer barulho no Leste.

- Friedell

play
0:31

Pivô do Heat na NBA chama cachorro e inventa nova versão do game Call of Duty: 'Iguana Warfare'

Meyers Leonard brincou com o nome do game ao ver iguana no quintal de casa


Milwaukee Bucks x Houston Rockets
2 de Agosto, 21h30

As farpas trocadas por James Harden, de Houston, e Giannis Antetokounmpo, de Milwaukee, no ano passado, dão a este confronto um ‘subtrama’ interessante, mas ver Harden criando uma maneira de marcar pontos na melhor defesa da liga será a atração principal.

O plano de Milwaukee para marcar Harden deu certo. Ele teve uma média de 28 pontos (acertando 34,8% de seus arremessos) nas três derrotas do Rockets para o Bucks nas últimas duas temporadas, mas Harden se recusou a dar crédito a Milwaukee, dizendo que ele simplesmente errou os arremessos.

- MacMahon


Memphis Grizzlies x New Orleans Pelicans
3 de Agosto, 19h30

As sensações Zion Williamson e Ja Morant rapidamente se estabeleceram como dois dos jogadores mais empolgantes de toda a liga, e a revanche não será uma exceção. A luta pela oitava vaga da Conferência Oeste promete ser empolgante, e essa partida terá implicações no que vai acontecer.

- MacMahon


Houston Rockets x Los Angeles Lakers
6 de agosto, 22h00

Os Rockets poderiam representar uma ameaça aos Lakers no Oeste?

Depois de contratar Robert Covington, Houston estreou sua formação ‘small ball’ com uma vitória no Staples Center na última vez em que essas equipes se enfrentaram. A formação começou forte, mas o cansaço começou a bater nos jogadores dos Rockets antes da paralisação da temporada. Os Clippers exploraram isso amassando Houston nos rebotes. Frank Vogel vai se aproveitar disso? A paralisação deu aos Rockets tempo suficiente para se recuperar?

- MacMahon


Milwaukee Bucks x Toronto Raptors
10 de agosto, 19h30

Será uma prévia das finais da Conferência Leste pelo segundo ano consecutivo? Os Raptors seguiram em frente sem Kawhi Leonard, já que Pascal Siakam, Kyle Lowry e um elenco cheio de jogadores que trabalham duro tem a chance de vencer o bicampeonato nas circunstâncias atuais.

O Bucks tem seis jogos e meio de diferença para os Raptors no Leste, mas se Milwaukee quiser enviar um recado antecipado, terá a chance de mostrar que este ano pode ser diferente. Será interessante ver como Mike Budenholzer vai administrar seu veterano elenco nesta que pode ser uma longa estadia dos Bucks na Disney.

- Friedell

play
0:34

Antetokounmpo entra em onda da internet, canta 'Hannah Montana' e faz piada maluca

Atual MVP da Liga está aproveitando os últimos dias antes dos treinos recomeçarem - via @giannis_an34


Toronto Raptors x Philadelphia 76ers
12 de agosto, 19h30

Os Sixers voltam à NBA buscando roteirizar o tipo de final que eles esperavam que pudessem alcançar quando a temporada começou. As atuações até agora foram, em maior parte, assombrosas, mas Philly chega na bolha com Ben Simmons e Joel Embiid saudáveis, tal como um elenco de jogadores motivados para mudar a direção que a temporada estava tomando antes da pausa.

Os Raptors voltam após um descanso muito necessário, presumivelmente saudáveis e prontos para provar que podem disputar outro título sem Kawhi Leonard. Não é apenas uma revanche das semifinais da Conferência Leste da temporada passada, é um encontro de duas equipes que sentem que têm muito a provar em Orlando.

- Friedell


Houston Rockets x Philadelphia 76ers
14 de agosto

Os Rockets se sentiram confortáveis com o small ball, já que a lista de pivôs que dominam os movimentos de poste baixo é pequena. Felizmente para os 76ers, Joel Embiid está no topo dessa lista. Os Rockets podem tirar vantagem de forçá-lo a sair de sua zona de conforto como um protetor de garrafão suficiente para compensar o castigo que Embiid aplicará no ataque?

Embiid e Russell Westbrook, duas das personalidades mais divertidas da liga, também têm uma história de provocações que significa que sempre há potencial para algo especial quando eles se encontram.

- MacMahon


LA Clippers vs. Oklahoma City Thunder
14 de agosto

Este é o jogo final da temporada regular das duas equipes, por isso pode ter implicações significativas para a chave do playoff do Oeste. Paul George e Shai Gilgeous-Alexander, os jogadores que foram trocados pelos times no ano passado, enfrentarão essas equipes pela última vez antes da pós-temporada. Por outro lado, se os Clippers estiverem com a segunda posição já garantida, é provável que descansem Kawhi Leonard e George.

- MacMahon