<
>

NBA: com a suspensão da temporada, funcionários de arenas ficam sem salário, e Kevin Love faz doação de R$ 479 mil

A suspensão da temporada da NBA como medida imediata devido ao surto de coronavírus atrapalhou não apenas o entretenimento da maior liga de basquete do mundo, mas também o trabalho fixo de muitos funcionários das 29 arenas que foram fechadas.

Sem jogos, sem salários. Assim, o astro do Cleveland Cavaliers, Kevin Love, decidiu doar 100 mil dólares (cerca de R$ 479 mil de acordo com a cotação atual) para auxiliar os funcionários durante este período.

“A minha esperança é que os outros [jogadores] deem um passo adiante”, disse o ala-pivô, em entrevista à ESPN.

O ato de generosidade do atleta vai de encontro ao comunicado emitido pela própria franquia de Cleveland e sua arena, o Rocket Mortgage Fieldhouse, na última quinta-feira (12), quando informaram que estão desenvolvendo um “plano de compensação para continuar pagando a equipe de eventos” mesmo com as mudanças no calendário da liga.

Kevin Love anunciou sua doação através de uma publicação no Instagram, acompanhado de uma ‘selfie’ em que aparecia ao lado dos funcionários que trabalharam na reforma recente da arena.

View this post on Instagram

Everyone reacts differently to stressful situations. And the fear and anxiety resulting from the recent outbreak of COVID-19 can be extremely overwhelming. Through the game of basketball, we've been able to address major issues and stand together as a progressive league that cares about the players, the fans, and the communities where we work. I'm concerned about the level of anxiety that everyone is feeling and that is why I'm committing $100,000 through the @KevinLoveFund in support of the @Cavs arena and support staff that had a sudden life shift due to the suspension of the NBA season. I hope that during this time of crisis, others will join me in supporting our communities. Pandemics are not just a medical phenomenon. They affect individuals and society on so many levels, with stigma and xenophobia being just two aspects of the impact of a pandemic outbreak. It's important to know that those with a mental illness may be vulnerable to the effects of widespread panic and threat. Be kind to one another. Be understanding of their fears, regardless if you don't feel the same. Be safe and make informed decisions during this time. And I encourage everyone to take care of themselves and to reach out to others in need -- whether that means supporting your local charities that are canceling events, or checking in on your colleagues and family.

A post shared by Kevin Love (@kevinlove) on

"Todo mundo reage de maneira diferente a situações estressantes. E o medo e a ansiedade resultantes do recente surto de COVID-19 podem ser extremamente esmagadores. Através do jogo de basquete, fomos capazes de resolver grandes problemas e nos unimos como uma liga que busca o progresso e se preocupa com os jogadores, os fãs e as comunidades onde trabalhamos. Estou preocupado com o nível de ansiedade que todos estão sentindo e é por isso que estou comprometendo US $ 100.000 através do @KevinLoveFund (Fundação Kevin Love) em apoio à arena @Cavs (dos Cavaliers) e equipe de apoio que teve uma mudança de vida repentina devido à suspensão da temporada da NBA", escreveu.