<
>

Outra vez? Lakers vai atrás de Dwight Howard para substituir Cousins, diz site

O Los Angeles Lakers parece estar seriamente interessados em repetir uma parceria que não deixou saudades para tentar retornar aos playoffs da NBA.

De acordo com o site americano The Atletic, a equipe da Califórnia estaria planejando retomar conversas com Dwight Howard, jogador eleito oito vezes All-Star da NBA, que passou pela franquia entre 2012 e 2013. O pivô seria o substituto de DeMarcus Cousins, que sofreu uma lesão no joelho na última quinta-feira (18) e ficará fora do time por até 8 meses.

Atualmente no Memphis Grizzlies após ser trocado pelo Washington Wizards em julho, Howard possui um contrato de $5,6 milhões (quase R$22,5 milhões) para a temporada. Na época, porém, o jornalista americano Adrian Wojnarowski, da ESPN, afirmou que a equipe do Tennessee teria a intenção de realizar um acordo com o jogador, ou até mesmo negociá-lo em uma nova troca.

Com a lesão do ligamento cruzado anterior sofrida na última semana, o retorno de Cousins passa a ser incerto já que o jogador passa por sua terceira grande lesão em apenas 19 meses. Em janeiro de 2018, o jogador de 29 anos sofreu uma ruptura no tendão de Aquiles e, em abril deste anos, uma nova ruptura, desta vez no quadríceps esquerdo.

Howard, por sua vez, esteve presente em apenas nove jogos da última temporada pelos Wizards. Em novembro, o jogador passou por uma cirurgia na coluna por conta de uma lesão no glúteo, o que o afastou das quadras por mais três meses.

A última temporada 'saudável' do jogador de 33 anos, porém, mostrou que as lesões não foram capazes de afetar seu potencial. Na temporada 2017/2018 com o Charlotte Hornets, Dwight se mostrou uma máquina de duplos-duplos, mantendo uma média de 16,6 pontos, 12,5 rebotes e 1,6 bloqueios por jogo em 81 partidas.

Durante sua primeira temporada nos Lakers, esperava-se que Howard fosse uma das grandes forças do time ao lado de Kobe Bryant e Steve Nash. Em seu possível retorno, porém, as expectativas seriam outras. O pivô chegaria para dar suporte à Anthony Davis, LeBron James e Kyle Kuzma.