<
>

NBA: A única vez que LeBron James começou no banco foi para 'proteger' Anderson Varejão

Em 16 anos de carreira, LeBron James fez, entre temporada regular e pós temporada, 1433 partidas na NBA com as camisas de Cleveland Cavaliers, Miami Heat e Los Angeles Lakers. Com tantos jogos disputados, LeBron repetiu quase tudo que é possível fazer uma quadra de basquete mais de uma vez, menos um quesito.

Nestas 1433 vezes que entrou em quadra, o ala veio do banco de reservas apenas uma vez, em 11 de dezembro de 2007, contra o Indiana Pacers. E não foi por questão técnica, mas para "proteger" o brasileiro Anderson Varejão.

Então com 22 anos, LeBron já era uma estrela estabelecida na liga e estava voltando após ficar cinco jogos de fora com uma lesão no dedo. Mike Brown, técnico dos Cavaliers na época, tinha totais intenções de colocar seu melhor jogador como titular desde o início, mas James pediu para vir do banco.

Ao final da temporada 2006/2007, Varejão teve seu contrato com os Cavs encerrado e a negociação para a renovação virou uma novela. Entre tantos capítulos, o brasileiro chegou a afirmar que nunca mais gostaria de jogar por Cleveland e o clima com a torcida ficou ruim.

Em 4 de dezembro de 2007, Varejão aceitou uma oferta do Charlotte Bobcats, atual Charlotte Hornets, mas por ser agente livre restrito viu o Cavaliers cobrir a oferta e teve que voltar para Cleveland.

Naquela noite de 11 de dezembro, o pivô faria sua reestreia pelos Cavs e o clima era de muita animosidade. Sabendo de seu prestígio com a torcida e que ela não seria capaz de vaiá-lo, LeBron aproveitou a situação para pedir para começar como reserva e, então, entrar em quadra ao lado de Varejão.

E foi o que aconteceu. Com 5:59 restantes no primeiro quarto, os dois entraram juntos em quadra e a torcida não vaiou. Ao contrário, aplaudiu o retorno do camisa 23 a equipe.

Após a partida, que terminou com vitória do Cavaliers por 118 a 105, LeBron confirmou que pediu para vir do banco e entrar junto com Varejão.

"Pensava que ia mudar a reação da torcida se entrássemos juntos - e mudou. Estava apenas protegendo meus companheiros de equipe", afirmou.

Prestes a completar 35 anos, LeBron continua sendo um dos jogadores mais dominantes fisicamente na NBA. E para ele voltar a sair do banco, outro caso especial deverá acontecer.

"Não, foi uma única vez. Eu não vou sair do banco mais", comentou LeBron ainda em 2007.