<
>

LaVine nos Lakers, 'all-in' do Thunder e mais: trocas que podemos ver no último mês do mercado da NBA

Zach LaVine durante partida do Chicago Bulls Jamie Sabau/Getty Images

Falta um mês para o fechamento da janela de trocas da NBA! Desta segunda-feira (8) até 8 de fevereiro, as trinta franquias ainda podem se mexer e mudar seus elencos.

Com equipes em momentos conturbados e outras a um passo de virarem reais candidatos ao título, separamos algumas trocas que poderiam - e que gostaríamos de ver - acontecer até o deadline day.

Conteúdo oferecido por Ford, Sadia, Vivo, Hellmann's e Nomad

Zach LaVine nos Lakers

Zach LaVine é um dos grandes nomes que está sendo constantemente especulado desde o início da temporada. O ala-armador do Chicago Bulls interessa a muitos times e, segundo informações, não estaria satisfeito com a situação atual da franquia, que nem briga na parte de cima da tabela e nem tem muita perspectiva de futuro via draft.

O Los Angeles Lakers sempre foi um dos grandes candidatos a tirar LaVine de Chicago e a troca pode acontecer no próximo mês. Segundo diversas notícias, o negócio já esteve mais quente e, atualmente, esbarra em uma divergência das duas franquias entre os outros jogadores envolvidos.

Os Bulls querem Austin Reaves de toda maneira, enquanto os Lakers não querem perder seu sexto homem e ainda buscam adicionar Alex Caruso no negócio, o que tem travado as negociações.

All-in do Thunder pelo título

O Oklahoma City Thunder vive grande fase. Com Shai Gilgeous-Alexander jogando em nível MVP, Chet Holmgren brigando pelo prêmio de calouro do ano e com um elenco de apoio excelente, a franquia está em uma das melhores posições da liga atualmente.

Além de estar muito bem no presente, o Thunder tem muita coisa guardada pro futuro. Não só suas estrelas são jovens - Shai tem 25 anos, por exemplo - como a equipe conta com incríveis 37 escolhas de draft para usar como moeda de troca.

No contexto atual, o Thunder peca pela falta de tamanho do elenco em geral - e eles também poderiam ter um pontuador melhor que Josh Giddey, que parece ter estagnado em sua evolução. Nomes como Lauri Markkanen e Wendell Carter Jr., por exemplo, podem ser explorados pelo Thunder caso a franquia queira apostar em uma chance de ser campeão já nesta temporada e adiantar o futuro.

O futuro de Pascal Siakam

Os rumores sobre uma possível saída de Pascal Siakam do Toronto Raptors são fortes do início da temporada. Quando a franquia mandou OG Anunoby para o New York Knicks, eles aumentaram e o ala-pivô parece ser o grande alvo das equipes que buscam uma última peça para lutar pelo título.

O Sacramento Kings faria bastante sentido. Os Kings, que voltaram aos playoffs depois de 16 temporadas no ano passado, tem um time que está a uma peça de entrar na primeira prateleira do Oeste - e Siakam seria esse nome. No entanto, rumores dão conta que Sacramento chegou a estar bastante interessado no ala-pivô, mas se retirou das negociações após os primeiros contatos com os Raptors.

Q parece estar bastante interessado em Siakam é o Indiana Pacers. Com Tyrese Haliburton fazendo uma temporada espetacular, os Pacers poderiam mover Chris Duarte, jovem promissor e que encaixa no que os Raptors querem, para tentar trazer Siakam e elevarem o patamar da equipe no Leste.

Kuzma como 'plano B' de Siakam

Caso os Pacers não consigam Pascal Siakam, outro nome que está disponível no mercado é o de Kyle Kuzma. Com o Washington Wizards tendo uma das piores campanhas da liga, Kuzma é uma opção para equipes que buscam um ala para ser uma última peça.

Segundo fontes da ESPN, os Wizards estão dispostos a trocar seus jogadores mais experientes, como Kuzma, por escolhas de draft e/ou jogadores de futuro, como Chris Duarte.

Malcolm Brogdon nos Timberwolves

O Minnesota Timberwolves talvez seja a equipe mais surpreendente da temporada. Anthony Edwards e companhia começaram muito bem e, rapidamente, se transformaram em uma das melhores equipes da Conferência Oeste. E um nome que poderia ajudar bastante a deixar a equipe ainda mais forte para os playoffs é o de Malcolm Brogdon.

Vencedor do prêmio de calouro do ano em 2017 e de melhor sexto homem da liga em 2023, o ala-armador tem um contrato valioso com o Portland Trail Blazers e pode ser um alvo por "não fazer parte da linha do tempo da franquia".

Depois de perder Lillard, os Blazers estão em reconstrução total e o futuro a curto prazo não é o esperado por alguém do nível de Brogdon, que gostaria de ganhar logo.

Dejounte Murray nos Knicks

Depois de adquirir OG Anunoby, o New York Knicks se colocou de vez no mercado como alguém que está disposto a abrir mão de bastante coisa pra formar um time que dê à torcida esperança de vencer.

Com o contrato de Evan Fournier, os Knicks têm bastante espaço salarial pra se mexer e as opções podem ir de Alec Burcs, um dos jogadores favoritos de Tim Thibodeau, até Malcolm Brogdon. Uma outra grande opção, porém, é Dejounte Murray.

De acordo com especulações recentes, o Atlanta Hawks colocou o armador de vez no mercado e ele deve ser uma das grandes estrelas do deadline day. O único problema para os Knicks é o encaixe com Jalen Brunson, outro armador que precisa muito ter a bola na mão. Mas Murray poderia ser o cara que ajudaria a levar New York a um novo patamar.

Outras movimentações

O Golden State Warriors vive um momento bastante turbulento, com notícias de que jogadores "perderam a fé" em Steve Kerr, Draymond Green suspenso indefinidamente e uma campanha bastante abaixo do esperado. Com isso, é possível que Golden State aperte o botão de reset e comece a se preparar para o fim da dinastia, podendo até envolver Draymond em algum negócio.

O Boston Celtics é um dos melhores times da NBA e não está desesperado para nada - ao contrário. No entanto, rumores dão conta de que a franquia pode trocar algumas peças secundárias para criar mais profundidade de banco.