<
>

Deiveson Figueiredo vence fácil a balança e lidera esquadrão brasileiro no UFC 270

play
Deiveson revela ansiedade por trilogia com Moreno: 'Quero bater nesse cara, fazer ele pedir pra parar' (1:49)

Lutador brasileiro falou com exclusividade à ESPN (1:49)

Neste sábado (22), pela terceira vez consecutiva, Deiveson Figueiredo mede forças com o mexicano Brandon Moreno no octógono.


No entanto, ao contrário das primeiras duas disputas, o brasileiro entra como desafiante ao cinturão dos pesos-moscas do UFC – o que claramente o obrigou a mudar seu treinamento.

Mais magro do que de costume, Deiveson mostrou físico enxuto ao longo da semana e, na manhã desta sexta-feira, durante a pesagem oficial para o show, viu que o esforço valeu a pena. Segundo a encarar a balança, o atleta cravou uma libra (cerca de 450 gramas) a menos do que o limite exigido. Curiosamente, os mesmos 56.2 kg foram registrados pelo campeão Brandon Moreno, que foi o primeiro a se apresentar na cerimônia oficial

Estrelas principais do evento, os pesos-pesados Francis Ngannou e Ciryl Gane, que disputam o título da categoria, não tiveram problemas para ficarem no limite de 120.2 kg. Dono do cinturão interino, o francês cravou 112 kg, enquanto que o campeão linear registrou 116.6 kg, marca mais enxuta do que o costume.

Além de Deiveson, outros três brasileiros medem forças no card do UFC 270. O ‘Paraense Voador’ Michel Pereira marcou 77.1 kg, cerca de 200 gramas a mais do que o rival André Fialho, que fará sua estreia no evento – o atleta português aceitou o combate menos de duas semanas atrás para substituir Muslim Salikhov.

O peso-galo Raoni Barcelos busca recuperação após perder sua invencibilidade no evento diante de Timur Valiev, em junho passado. Para tal, o carioca cravou 61.2 kg, cerca de 200 gramas a menos do que Victor Henry, lutador que foi contratado pelo show especificamente para entrar na vaga do ex-rival do brasileiro.

Por fim, Saimon Oliveira, com a marca de 61.7 kg, completou o esquadrão brasileiro no evento. O catarinense fará sua estreia no show após ser contratado pelo UFC em setembro de 2021, depois de se apresentar no programa ‘Contender Series’. Seu oponente será Tony Gravely, que subiu na balança com 300 gramas a menos.

Vale lembrar que o duelo entre os brasileiros Rodolfo Vieira e Wellington Turman foi retirado do card. Rodolfo, multicampeão de jiu-jitsu, foi impedido de lutar pelos médicos que acompanham o show – até o fechamento desta nota os detalhes ainda não tinham sido divulgados. A notícia foi divulgada em primeira mão pela ESPN Deportes e confirmada pela reportagem da Ag. Fight com fontes próximas à organização do show.

Acompanhe o peso dos atletas do UFC 270:

Francis Ngannou (116.6 kg) vs (112 kg) Ciryl Gane

Brandon Moreno (56.2 kg) vs (56.2 kg) Deiveson Figueiredo

Michel Pereira (77.1 kg) vs (76.9 kg) André Fialho

Cody Stamann (61.4 kg) vs (61.7 kg) Said Nurmagomedov

Raoni Barcelos (61.2 kg) vs (61.4 kg) Victor Henry

Trevin Giles (77.1 kg) vs (77.1 kg) Michael Morales

Jack Della Maddalena (77.3 kg) vs (77.3 kg) Pete Rodriguez

Tony Gravely (61.4 kg) vs (61.7 kg) Saimon Oliveira

Silvana Gomez Juarez (52.4 kg) vs (52.4 kg) Vanessa Demopoulos

Matt Frevola (70 kg) vs (70.5 kg) Genaro Valdéz

Kay Hansen (56.7 kg) vs (56.7 kg) Jasmine Jasudavicius

play
1:50

'Ele foi muito safado': Deiveson revela 'trairagem tremenda' que fez Cejudo pedir 'cabeça' de Moreno

Lutador brasileiro falou com exclusividade à ESPN