<
>

Revelação do UFC minimiza feito de Charles Do Bronx e afirma que venceria Poirier

play
'Não consegui fazer o que me preparei por anos', desabafa Pâmela Rosa sobre Tóquio 2020 (2:24)

Skatista é a convidada do Bola da Vez desta semana (2:24)

Outrora temido, Dustin Poirier viu sua reputação no MMA mudar após ser derrotado por Charles Oliveira no UFC 269, evento realizado em dezembro, em Las Vegas (EUA).


No show, o americano disputou o título do peso-leve (70 kg) da organização pela segunda vez, mas foi, novamente, finalizado e o resultado adverso animou parte dos competidores da categoria. Tanto que Michael Chandler e Nate Diaz desafiaram ‘The Diamond’ e agora foi a vez de Paddy Pimblett, promessa do esporte, fazer o mesmo.

Ao participar do podcast ‘Believe You Me’, de Michael Bisping, ‘The Baddy’ provocou Poirier e minimizou o triunfo de Charles. Como é especialista em jiu-jitsu, o britânico afirmou que faria com ‘The Diamond’, ex-campeão interino do peso-leve do UFC, o mesmo que ‘Do Bronx’, detentor do título da categoria, conseguiu, ou seja, cravou que venceria o americano por finalização e com facilidade.

Vale pontuar que Pimblett possui apenas uma aparição na maior companhia de MMA do mundo, sequer integra o top-15 da divisão, porém já mostra ter a confiança de um verdadeiro veterano dos esportes de combate.

“Fui com Poirier contra Charles, mas, depois de assistir aquela luta, penso que se Charles pode fazer isso com Poirier, o que eu poderia fazer? Quando você assiste as lutas, você fica tipo, ‘Uau, se ele pode fazer isso e ficar naquela posição, então eu consigo também'”, declarou o britânico.

Paddy Pimblett, de 26 anos, é uma promessa do MMA. Antes de integrar o UFC, o britânico se destacou no ‘Cage Warriors’. ‘The Baddy’ iniciou sua trajetória no esporte em 2012, disputou 20 lutas, venceu 17, sendo 13 pela via rápida (sete por finalização e seis por nocaute), e perdeu três vezes. O atleta estreou no Ultimate em setembro de 2021 e, na ocasião, nocauteou Luigi Vendramini.