<
>

Bellator: Zingano surpreende em reação sobre escolha de nova rival de 'Cyborg'

play
UFC: Norte-americano acerta cotovelada monstruosa, abre buraco em compatriota e 'deforma' rosto do adversário; veja como ficou (1:10)

Steve Garcia venceu Charlie Ontiveros por nocaute no card preliminar do UFC (1:10)

Cat Zingano ficou muito surpresa com o fato de Sinead Kavanagh ser a próxima rival de Cris ‘Cyborg’ na disputa do cinturão do peso-pena (66 kg) do Bellator


Na última semana, Scott Coker, presidente do Bellator, anunciou a próxima defesa de cinturão de Cris ‘Cyborg’ no peso-pena (66 kg) da franquia. A atual campeã vai medir forças diante da irlandesa Sinead Kavanagh, no dia 12 de novembro, na edição número 271 do show, que vai acontecer na Flórida (EUA).

A questão da oponente de ‘Cyborg’ chamou a atenção, já que Sinead não é uma atleta de renome e só agora está atravessando um bom momento, com duas vitórias seguidas. A expectativa do público e do próprio presidente do Bellator era de um duelo entre a detentora do título contra Cat Zingano, ex-atleta do Ultimate. Dessa maneira, a americana tratou de comentar esse casamento de luta.

Através de suas redes sociais, a americana afirmou que sabe da ansiedade da comunidade das lutas para ver um combate entre ela e ‘Cyborg’ e admitiu que nutre do mesmo sentimento. No entanto, prefere não queimar etapas para chegar a essa chance. Vale destacar que Zingano chegou ao Bellator em 2020 e já possui duas vitórias, sendo a última sobre Olivia Parker, em abril deste ano.

“Eu chamei Cris ‘Cyborg’, ela me chamou também. Faz sentido e claramente todos nós queremos (essa luta), mas ainda não é o momento certo. Estou animada para ver o que Sinead Kavanagh traz para valer no Bellator”, escreveu.

No MMA profissional desde 2008, Cat Zingano, última lutadora a vencer Amanda Nunes, já teve a chance de ser campeã do peso-galo (61 kg) do UFC, mas foi derrotada por Ronda Rousey, até então campeã da categoria. Na época, em 2015, a ‘Alpha’ foi finalizada pela compatriota no primeiro round. No MMA profissional desde 2008, a lutadora possui 12 vitórias e quatro derrotas.