<
>

UFC: Lipski revela que fraturou a face no confronto contra Antonina Shevchenko e publica foto nas redes sociais; veja!

play
Deiveson diz ter mágoa pessoal de próximo rival no UFC: 'Só não vou para cima nos bastidores porque sou bem concentrado' (0:35)

Brasileiro ganhou de Alex Perez e já deve voltar ao octógono no dia 12 de dezembro para enfrentar Brandon Moreno (0:35)

Uma dos quatro representantes do Brasil presentes no card do UFC 255, Ariane Lipski encarou Antonina Shevchenko no evento do último sábado (21). Em duelo válido pela categoria peso-mosca (57 kg), a curitibana viu a sua boa fase com duas vitórias seguidas no Ultimate ser interrompida pela atleta do Quirguistão, que conseguiu um nocaute técnico no segundo assalto. Os fortes ataques da adversária resultaram em uma fratura na face da brasileira, que utilizou suas redes sociais para mostrar aos seguidores os seus machucados.

Por meio de sua conta no Instagram, Ariane publicou uma foto na qual aparece com o rosto coberto de hematomas, agradecendo o apoio dos fãs e aproveitou para dar mais detalhes do momento em que sofreu a lesão. De acordo com a brasileira, a fratura em um dos ossos de sua face foi causada por uma cotovelada de Antonina em seu olho durante o confronto, que a deixou dolorida e com a visão embaçada.

“Obrigado pessoal, por todo o apoio e consideração! Durante a luta, tudo é muito intenso e rápido, tomei algumas decisões erradas que pagaram seu preço; e eu perdi. Mas sem desculpas, certo pessoal!? Fui bem treinada e preparada pelo meu treinador e por toda a equipe que tem trabalhado comigo. Agora, o que me resta fazer!? Voltar para a academia, treinar e praticar duas vezes mais duro e me dedicar ainda mais; Eu tenho 26 anos e amo o que faço para viver, tudo de ruim que já aconteceu comigo eu usei como motivação e combustível!”, destacou a curitibana, antes de dar detalhes de seus machucados.

“Ontem, no segundo round, enquanto eu estava embaixo da minha oponente, ela me bateu com o cotovelo no olho esquerdo e senti meu rosto ficar dormente na hora, minha visão ficou turva e desfocada e de repente, tudo estava tão dolorido e eu só pensava em proteger meu olho esquerdo, torcendo para a dor passar e eu voltar à luta; mas fiquei sem tempo. Resultado: estou com uma fratura em um dos ossos do rosto e, portanto, ainda não consigo sentir meu nariz nem o lado esquerdo da boca; é doloroso mover meu olho esquerdo e ainda preciso ficar em observação, mas já estou tomando todos os remédios necessários. Agradecimento especial à equipe do UFC por cuidar tão bem de seus atletas durante a semana da luta e no pós-luta também!!”, finalizou.

No MMA profissional desde 2013, Ariane Lipski, de 26 anos, soma 13 vitórias e seis derrotas em seu cartel. Por sua vez, Antonina Shevchenko – irmã da campeã da categoria peso-mosca – acumula nove triunfos e dois reveses na modalidade.