<
>

Amanda atropela Cyborg no UFC 232, espanta dúvidas de novo e vira 1ª campeã de duas categorias

Duas coisas são certas: Amanda Nunes não liga para o que os outros acham e é sim a melhor lutadora de MMA do Mundo!

Ela não era favorita contra Miesha Tate. Finalizou!

Ela não era favorita contra Ronda Rousey. Nocauteou!

Ela não era favorita contra Cris Cyborg. Atropelou!

Assim, Amanda Nunes se tornou a primeira mulher da história a ser campeã de duas categorias, galos e penas. E ao mesmo tempo!

Amanda precisou de menos de um minuto para derrubar Cyborg. E mais de uma vez! Foram pelo menos três knockdowns antes do golpe derradeiro que culminou no nocaute em apenas 52 segundos.

"Meu técnico sempre disse, fique calma, que quando sua mão direita entrar, ela vai para o chão", disse ainda no octógono.

"Sou a primeira mulher a ser campeã de duas categorias do UFC. Eu sou a melhor. Dana, agora eu tenho que ir para o Hall da Fama!", completou.

A baiana agora melhora o cartel para 17 vitórias e quatro derrotas. E dá um novo aviso ao mundo: é melhor não duvidar mais dela!

Veja todos os resultados do UFC 232:

CARD PRINCIPAL:

Jon Jones (EUA) nocauteou Alexander Gustafsson (SUE) aos 2:02 do 3º round - pelo cinturão dos meio-pesados
Amanda Nunes nocauteou Cris Cyborg (BRA) a 0:51 do 1º round - pelo cinturão feminino dos penas
Michael Chiesa (EUA) finalizou Carlos Condit (EUA) com uma kimura a 0:56 do 2º round - meio-médios
Corey Anderson (EUA) venceu Ilir Latifi (SUE) na decisão unânime dos jurados (triplo 29-28) - meio-pesados
Alex Volkanovski (AUS) nocauteou Chad Mendes (EUA) aos 4:14 do 2º round - penas

CARD PRELIMINAR:

Walt Harris (EUA) venceu Andre Arlovski (BLR) na decisão dividida dos jurados (27-30, 29-28 e 29-28) - pesados
Megan Anderson (AUS) nocauteou Cat Zingano (EUA) a 1:01 do 1º round - penas feminino
Petr Yan (RUS) nocauteou Douglas D'Silva (BRA) no intervalo entre o 2º e o 3º round por interrupção do córner - galos
Ryan Hall (EUA) finalizou BJ Penn (EUA) com uma chave de perna a 2:46 do 1º round - leves
Nathaniel Wood (ING) finalizou Andre Ewell (EUA) com um mata-leão aos 4:12 do 3º round - galos
Uriah Hall (JAM) nocauteou Bevon Lewis (EUA) a 1:32 do 3º round - médios
Curtis Millender (EUA) venceu Siyar Bahadurzada (AFG) na decisão unânime dos jurados (29-28, 29-28 e 30-27) - meio-médios
Montel Jackson (EUA) finalizou Brian Kelleher (EUA) com um triângulo de mão a 1:40 do 1º round - peso combiando