<
>

UFC 276: Poatan 'tira alma' de falastrão Strickland com nocaute absurdo e espera por Adesanya em luta por título

Na parte final do primeiro round, Alex Poatan deixou Strickland 'sem alma' no octógono e se credencia para a disputa do cinturão do UFC


Alex ‘Poatan’ Pereira segue vencendo na sua trajetória do UFC. Neste sábado (2), o brasileiro enfrentou e nocauteou Sean Strickland ainda no primeiro round e caminha para a disputa do cinturão da organização. Com o triunfo por nocaute, o brasileiro se coloca dentro do top 3 da categoria e agora espera Israel Adesanya para a disputa do cinturão.

"Eu quero agradecer meu adversário por ter aceitado, ele foi um cara de coragem porque vários não aceitaram. O que ele falou em entrevista, não me interessa. Eu fiz o meu trabalho. Comecei a chutar a panturrilha. No segundo ou terceiro, ele começou a sentir. Comecei a colocar golpes na linha de cintura, ele sentiu. E depois fui para a cabeça. Demorou um pouquinho, mas a estratégia foi 100%"

Alex Poatan chegou no UFC com um grande status por sua trajetória no kickboxing. Campeão no Glory em mais de uma oportunidade, vencendo Adesanya duas vezes na organização, o brasileiro entrou na maior organização do mundo de MMA já enfrentando os maiores da categoria.

Até o momento, o brasileiro já subiu no octógono em duas oportunidades e venceu em ambas. Antes do duelo pelo UFC 276, Dana White já havia declarado que o vencedor do duelo entre Poatan e Strickland seria o próximo desafiante ao cinturão.

Vale lembrar que, para muitos analistas de MMA, Poatan é visto como único lutador da organização com armas para derrotar Adesanya.

A luta

Sem dar chances. Usando o maior alcance, Alex Poatan Pereira foi colocando bons chutes e socos no adversário ainda nos primeiros minutos. Aos poucos, segundo o próprio brasileiro, foi possível perceber que Strickland sentia as pernas e o brasileiro aproveitou. Com um lindo soco cruzado, Poatan 'tirou a alma' de Sean e finalizou o combate com 2 minutos e 36 segundos para o fim do primeiro round.

Veja todos os resultados do UFC 276:

CARD PRINCIPAL

Israel Adesanya (NIG) venceu Jared Cannonier (EUA) na decisão unânime dos jurados (49-46, 49-46 e 50-45) - Cinturão peso-médio
Alexander Volkanovski (AUS) venceu Max Holloway (EUA) na decisão unânime dos jurados (50-45, 50-45 e 50-45) - Cinturão peso-pena
Alex Poatan (BRA) nocauteou Sean Strickland (EUA) aos 2:36 do 1º round - Peso-médio
Bryan Barberena (EUA) nocauteou Robbie Lawler (EUA) aos 4:47 do 2º round - Peso meio-médio
Pedro Munhoz (BRA) x Sean O’Malley (EUA) terminou sem resultado (dedo no olho não intencional) - Peso-galo

CARD PRELIMINAR

Jalin Turner (EUA) finzalizou Brad Riddell (NZL) com uma guilhotina a 0:45 do 1º round - Peso-leve
Jim Miller (EUA) finalizou Donald Cerrone (EUA) com uma guilhotina a 1:32 do 2º round - Peso meio-médio
Ian Garry (IRL) venceu Gabe Green (EUA) na decisão unânime dos jurados (30-27, 30-27 e 30-27) - Peso meio-médio
Dricus Du Plessis (AFS) venceu Brad Tavares (EUA) na decisão unânime dos jurados (29-28, 29-28 e 29-28) - Peso-médio
André Sergipano (BRA) venceu Uriah Hall (JAM) na decisão unânime dos jurados (30-27, 30-27 e 30-27) - Peso-médio
Maycee Barber (EUA) venceu Jessica Eye (EUA) na decisão unânime dos jurados (29-28, 29-28 e 30-27) - Peso-mosca
Julija Stoliarenko (LIT) finalizou Jessica-Rose Clark (AUS) com uma chave de braço a 0:42 do 1º round - Peso-galo