<
>

Santos arranca empate 'heroico' no tempo normal, mas sucumbe para o Táchira nos pênaltis e é eliminado da Sul-Americana

Na Vila Belmiro, o Santos perdeu por 4 a 2 nos pênaltis para o Deportivo Táchira-VEN e disse adeus à Copa Sul-Americana


E o Santos foi eliminado da Copa Sul-Americana. Nesta quarta-feira (6), na Vila Belmiro, o Peixe recebeu o Deportivo Táchira, da Venezuela, pelo jogo de volta das oitavas de final, e após arrancar empate por 1 a 1 no tempo normal, caiu nos pênaltis para os venezuelanos.

A partida, que contou com um público expressivo na Vila, começou favorável para o Peixe, que criou boas chances para 'resolver' o confronto. Sobretudo com Ângelo, que estreou novo visual.

Porém, a partir dos 26 minutos, os paulistas começaram a viver o seu 'inferno astral'. Uribe recebeu de Hernández, passou pelo goleiro João Paulo e balançou as redes para o Táchira.

Em um primeiro momento, a arbitragem chegou a anular o gol, mas após 5 minutos de revisão junto ao VAR, o mesmo foi validado. Dois lances foram analisados: um possível impedimento de Uribe e um possível toque de mão no zagueiro do Táchira.

A situação ficou ainda mais complicada para o Peixe nos acréscimos, quando Rodrigo Fernández foi expulso depois de cometer falta para evitar uma chance clara de gol dos venezuelanos. O meio-campista levou o vermelho direto.

O segundo tempo, por outro lado, trouxe um 'respiro' ao Santos na Vila Belmiro. Aos 24 minutos, Lucas Barbosa cruzou na área, Carlos Sánchez aparou de cabeça, e Marcos Leonardo completou para o gol, deixando tudo igual.

Após o empate, o Santos seguiu pressionando o Deportivo Táchira e, por muito pouco, não chegou à virada. Com o empate no placar, a definição foi para a 'loteria' dos pênaltis.

Na marca da cal, o Santos não começou bem a série. Ricardo Goulart, que entrou frio, somente no segundo tempo, desperdiçou a primeira cobrança. Na sequência, o Táchira fez e largou na frente.

Em seguida, Lucas Barbosa também perdeu a sua cobrança, e o Santos perdeu por 4 a 2 nos pênaltis, já que o Táchira converteu todas as suas cobranças.

Situação do campeonato

Com a classificação, o Táchira despachou o Santos e avançou às quartas de final da Copa Sul-Americana.

Agora, a equipe venezuelana encara na próxima fase o vencedor do confronto entre Lanús-ARG e Independiente del Valle-EQU, que se enfrentam nesta quinta-feira (7) pelo jogo de volta. Na ida, os equatorianos venceram por 2 a 1.

Próximos jogos

Pelo Brasileirão, o Santos volta a campo no domingo (10), a partir das 18h, para compromisso em casa contra o Atlético-GO.

No sábado (9), o Táchira encara a Portuguesa, a partir das 18h, pelo Campeonato Venezuelano.

FICHA TÉCNICA

Santos 1 x 1 (2-4 pen.) Deportivo Táchira-VEN

GOLS: Táchira: Uribe (26' 1°T); Santos: Marcos Leonardo (24' 2°T)

PÊNALTIS: Santos: Ricardo Goulart (X); Sandry (O); Carlos Sánchez (O); Lucas Barbosa (X)

Táchira: Farías (O); Simisterra (O); Arace (O); Marlon Fernández (O)

SANTOS: João Paulo; Kaiky (Rwan), Luiz Felipe (Sandry), Bauermann e Lucas Pires (Ricardo Goulart); Rodrigo Fernández, Zanocelo (Carlos Sánchez), Ângelo (Lucas Barbosa), Bruno Oliveira e Lucas Braga; Marcos Leonardo. Técnico: Fabián Bustos.

TÁCHIRA: Varela; Camacho, Restrepo, Ariano e Marrufo; Flores, Garcés (Farías), Chacón (Arace), Cova e Robert Hernández (Figueroa/Marlon Fernández); Uribe (Simisterra). Técnico: Alex Pallares.