<
>

Vítor Pereira diz o que pensa de técnicos brasileiros e critica realidade do futebol no país: 'Não há projetos'

Vítor Pereira será o técnico do Flamengo para a temporada 2023 Wagner Meier/Getty Images

Nos últimos anos, a chegada de treinadores portugueses ao futebol brasileiro tem se popularizado. E Vítor Pereira, um dos nomes que trabalhou no Brasileirão, falou sobre a relação e desafios de quem vem da Europa.

Em entrevista ao jornal espanhol Marca, o ex-técnico de Corinthians e Flamengo elogiou os técnicos brasileiros, mas criticou a falta de projetos e o 'resultadismo' presentes e tradicionais na cultura de futebol local.

"No Brasil há bons treinadores locais, mas buscam adaptar os processos táticos de treinamento europeu à incrível qualidade técnica do futebolista brasileiro. Além disso, no caso dos técnicos portugueses, ajuda que o idioma é o mesmo. O ruim é que no Brasil não há projetos. Vive pendente do que ocorre na partida seguinte", disse.

A passagem de Vítor Pereira no Brasil

Em 2022, Vítor Pereira chegou ao Brasil para a primeira passagem no futebol local. Sob o comando do Corinthians, foram 64 jogos, com 26 vitórias, 21 empates e 17 derrotas, obtendo um aproveitamento de 41%. A saída do Timão foi conturbada, já que decidiu não renovar alegando um problema familiar com a sogra e, pouco tempo depois, acertou com o Flamengo.

Na chegada ao clube carioca, bastante expectativa após o Rubro-Negro ter conquistado a Copa do Brasil, em cima do próprio português, e a CONMEBOL Libertadores. No entanto, uma sequência de vexames, como a queda na semifinal do Mundial de Clubes e os vices da Supercopa do Brasil, CONMEBOL Recopa e Campeonato Carioca, sendo demitido após somente 18 jogos, com 10 vitórias, um empate e sete derrotas, com aproveitamento de 57%.