<
>

Ex-Flamengo, Berrío vive drama no América-MG e explica lesão rara: 'Só tem 15 casos no mundo'

Atacante colombiano está em processo de recuperação e não tem prazo de volta aos gramados


Ex-Flamengo, o atacante Orlando Berrío vive drama na carreira. Com uma lesão fúngica constatada na tíbia da perna esquerda, o colombiano só atuou por 27 minutos desde que chegou ao América-MG, em julho.

Pela gravidade da lesão, Berrío chegou a ter que ficar internado. O jogador já está em processo de recuperação. Mas, ainda não há prazo para voltar a vestir a camisa do Coelho.

“Não tem sido fácil, porque é uma lesão muito rara. Só tem 15 casos registrados. Então, é algo muito incomum. Foi muito difícil para mim não fazer o que eu gosto, que é jogar futebol. O mais difícil passou, que era saber a raiz de tudo", começou por afirmar.

"O tempo que passou, de internação, de pensar a noite toda que era, não dormir, pensando muitas coisas. Foi de um momento para outro que aconteceu. Então, o mais difícil foi isso”, afirmou o jogador em entrevista coletva", completou.

Sem poder atuar, o colombiano se colocou à disposição do América-MG para ajudar fora das quatro linhas e agradeceu o apoio dos torcedores no momento complicado.

"Aqui, como sempre falei, estou 100% para o América. Quando o América precisa de mim, agora, não só no campo, mas na posição que ele precisa de mim, eu estarei 100% para o clube".

"Novamente agradecer os torcedores, que estão cientes do que aconteceu. Me mandaram palavras de melhoras. Com a benção de Deus, vamos conquistar coisas maiores, porque eu estou muito feliz e sei que vou ser muito feliz aqui", finalizou o atleta.