<
>

Arsenal vence Tottenham aos gritos de 'olé' e sob olhares de Thierry Henry pela Premier League

O Arsenal fez uma grande partida e venceu o Tottenham por 3 a 1, neste domingo, no Emirates Stadium, em clássico válido pela 6ª rodada da Premier League.

Smith-Rowe, Aubameyang e Saka anotaram para os Gunners, enquanto Son Heung-min descontou para os Spurs, que sofreram a 3ª derrota seguida no Campeonato Inglês.

O Arsenal volta a campo pela Premier League no próximo sábado, contra o Brighton, às 13h30 (de Brasília), com transmissão pela ESPN no Star+. Ainda não é assinante? Clique aqui para ter mais informações.

Detalhe: os três tentos da equipe da casa saíram em um espaço de apenas 34 minutos no 1º tempo.

Essa, aliás, foi a 6ª derrota dos Spurs nos últimos oito dérbis londrinos disputados pela Premier League.

Quando o placar mostrava 3 a 0 para o Arsenal, a torcida anfitriã ainda aproveitou para tirar onda com o rival, gritando "olé, olé, olé" a cada toque na bola.

O jogão ainda foi acompanhado por ninguém menos do que Thierry Henry, ídolo supremo dos Gunners, nas tribunas do Emirates.

Ele se mostrou muito animado com a atuação de seu ex-clube, e em vários momentos foi visto sorrindo e batendo palmas durante as jogadas.

A festa ficou completa quando Aubameyang fez o 2º gol do Arsenal e comemorou deslizando de joelhos no gramado, exatamente como Henry fazia nos tempos áureos dos Gunners.

Melhores momentos

Situação do campeonato

Com o resultado, o Arsenal vai a 9 pontos e sobe para o 10º lugar na tabela da Premier League.

Já o Tottenham estaciona nos 9 pontos e cai para a 11ª posição, sendo ultrapassado justamente pelos Gunners.

O cara: Smith-Rowe

O jovem camisa 10 do Arsenal deitou e rolou em campo, especialmente no 1º tempo.

Logo aos 12 minutos, ele recebeu assistência de Saka e finalizou com perfeição para abrir o placar.

Pouco depois, fez tabela maravilhosa com Aubameyang e serviu o gabonês para ampliar no Emirates.

Aos 21 anos, ainda é irregular, mas vai mostrando que pode ser um ótimo nome para o futuro dos Gunners.

Ficou em campo até os minutos finais, e foi muito aplaudido ao ser substituído por Nuno Tavares.

Foi mal: Tottenham

A atuação pavorosa de toda a equipe no 1º tempo custou a derrota na casa do rival.

Durante os primeiros 40 minutos de jogo, os Spurs foram envolvidos com uma facilidade absurda.

Sem ver a cor da bola, o time de Nuno Espírito-Santo permitiu três gols do Arsenal em 33 minutos.

No 2º tempo, a equipe melhorou um pouco e até conseguiu descontar com Son Heung-min, mas parou por aí.

Próximos jogos

O Tottenham volta a campo na próxima quinta-feira, às 16h (de Brasília), contra o Mura, pela Uefa Conference League, com transmissão pela ESPN no Star+.

Já o Arsenal atua no próximo sábado, contra o Brighton, às 13h30, pela Premier League, com transmissão pela ESPN no Star+.

Ficha técnica

Arsenal 3 x 1 Tottenham

GOLS: Arsenal: Smith-Rowe [12'], Aubameyang [27'] e Saka [34'] Tottenham: Son Heung-min [79']

ARSENAL: Ramsdale; Tomiyasu, White, Gabriel Magalhães e Tierney; Partey, Xhaka (Sambi Lokonga) e Ødegaard; Saka (Maitland-Niles), Smith-Rowe (Nuno Tavares) e Aubameyang Técnico: Mikel Arteta

TOTTENHAM: Lloris; Tanganga (Emerson Royal), Davinson Sánchez, Dier e Reguilón; Højbjerg, Ndombélé (Bryan Gil) e Dele Alli (Skipp); Lucas Moura, Son Heung-min e Harry Kane Técnico: Nuno Espírito-Santo