<
>

Premier League: Liverpool empata com Brentford em jogo absurdo, assume a liderança e 'secará' o Brighton

A Premier League tem um novo líder. Mesmo travando uma verdadeira batalha fora de casa, o Liverpool venceu o Brentford por 3 a 2 em um duelo eletrizante e assumiu a ponta isolada na tabela do Campeonato Inglês. A partida de tirar o fôlego teve transmissão ao vivo pela ESPN no Star+.

Os gols dos Reds foram marcados por Diogo Jota, Curtis Jones e Mohamed Salah, que chegou à 100ª bola na rede com a camisa da equipe de Anfield. Pinnock e Janelt marcaram para os donos da casa.

Eletrizante, a partida ficou marcada pelo duelo de xadrez dos treinadores: criador e criatura.

Assumidamente discípulo de Jürgen Klopp, Thomas Frank comprovou que conseguiu criar usa própria versão das equipes alucinantes do alemão. Foi com esse estilo que o Brentford colocou os Reds para correr atrás da bola, desfazendo muitas vezes as linhas de marcação da equipe visitante.

Se o futebol é espelhado, as chances de gol também seguiram o roteiro. Quando Salah bateu na saída de Raya e a bola na rede já era praticamente certa, Ajer se esticou todo para salvar sua equipe.

Do outro lado? O mesmo! Tapa de Mbeumo encobrindo Alisson na grande área e Matip sendo o pé salvador do Liverpool, em lances idênticos.

Mas se a aposta era de que o futebol eletrizante das duas equipes não resultaria em bola na rede, nada feito. Em ótima jogada ensaiada na bola parada, Toney confundiu os marcadores e achou Pinnock na segunda trave para desviar para o fundo do gol.

A igualdade? Apareceu, claro.

Atento após cruzamento na medida de Henderson na direita, Diogo Jota mostrou oportunismo para desviar de cabeça para o fundo das redes deixando tudo...igual.

O equilíbrio foi tão desejado pelo Brentford que exigiu um verdadeiro milagre de Raya quando Diogo Jota teve chance de marcar o segundo para o Liverpool.

Se começou a partida desperdiçando a chance de marcar, Salah não perdeu no início da etapa complementar. Aproveitando um baita lançamento de Fabinho, o egípcio dominou e bateu na saída de Raya, desta vez sem chances de desvio e contando com a confirmação do VAR.

Valente e brigador, o Brentford não desistiu e voltou a espelhar o placar. Como? Com toda a insistência do volante Janelt, que apareceu na grande área para aproveitar o bate-rebate e empurrar para o gol.

Como ficou marcante no segundo tempo, o Liverpool voltou a tomar a frente no placar com a qualidade individual de seus jogadores. Foi assim, com uma verdadeira paulada de fora da área, que Curtis Jones mandou um chutão para estufar novamente as redes de Raya.

O confronto fantástico no Brentford Community Stadium não poderia terminar de outra forma a não ser na igualdade. Em mais uma oportunidade se lançando ao ataque, o time da casa viu uma bola salvadora parar nos pés de Yoane Wissa, que deu um biquinho para tirar da defesa e mandar para o fundo do gol...deixando tudo igual.

Situação no campeonato

Com o empate suado nesta rodada no Brentford Community Stadium, o Liverpool assume a liderança isolada da Premier League, com 14 pontos somados após seis rodadas. O time agora precisará torcer para que o Brighton não derrote o Crystal Palace no clássico que será disputado na segunda-feira (27).

Já o valente Brentford segue no meio de tabela no Inglês, mas agora com 9 pontos ganhos.

O cara: Mohamed Salah

Autor do segundo gol do Liverpool na partida, Mohamed Salah entrou para a história no jogo deste sábado. O atacante egípcio marcou contra o Brentford pela 100ª vez pelo Liverpool em jogos de Premier League. E fez isso no menor tempo da história, em apenas 150 jogos.

Próximos jogos

Após o jogo deste sábado, o Liverpool volta a campo na terça-feira (28), contra o Porto, fora de casa, pela Uefa Champions League. O próximo compromisso dos Reds na Premier League está agendado para domingo (03), no clássico contra o Manchester City.

O Brentford, que descansa no meio de semana, visitará o West Ham no Olímpico de Londres no domingo, também pelo Campeonato Inglês.

Ficha técnica

BRENTFORD 3 X 1 LIVERPOOL

GOLS: Ethan Pinnock (27'), Vitaly Janelt (63') e Yoane Wissa (82') para o Brentford; Diogo Jota (31'), Mohamed Salah (54') e Curtis Jones (67') para o Liverpool

Brentford: Raya; Ajer, Jansson e Pinnock; Norgaard, Onyeka, Janelt, Canós e Henry; Toney e Mbeumo. TÉCNICO: Thomas Frank

Liverpool: Alisson; Alexander-Arnold, Matip, Van Dijk e Robertson; Fabinho, Henderson e Jones; Diogo Jota, Mané e Salah. TÉCNICO: Jürgen Klopp