<
>

Brasileiro: mesmo sem Hulk, Atlético-MG vence o Athletico-PR e fica a um ponto do líder Palmeiras

O Atlético-MG bateu o Athletico-PR por 2 a 0, neste domingo (1), no Mineirão, pela 14ª rodada do Brasileirão. Com o resultado, o Galo chega a sétima vitória seguida na competição e fica a um ponto do líder Palmeiras.

Vargas (de pênalti) e Neto marcaram para o time mineiro, que não perde há 10 jogos.

Embalados por vitórias na Copa do Brasil, os dois times voltaram suas atenções para o Brasileiro. O Galo sem Hulk, que apresentou um quadro de conjuntivite e desfalcou a equipe depois de 23 jogos seguidos. O Furacão sem Nikão, que foi poupado nem viajou para Minas, e com Marcinho e Terans inicialmente no banco.

E foram os donos da casa quem dominaram a partida durante o primeiro tempo, contudo só levaram perigo em dois chutes de Nacho Fernández. Os mineiros tentavam encontrar espaço na zaga rubro-negra, que por sua vez, se defendia bem. Até que Richard tentou um carrinho para tirar a bola e quase marcou contra. Ele também foi o responsável pelo primeiro e único arremate que realmente assustou por parte do time paranaense até então.

Na volta do intervalo, a equipe rubro-negra quase abriu o marcador com Jadson, mas o camisa 10 pegou mal na bola e, sem marcação, chutou para fora. O Galo ia responder com Nacho, mas Richard derrubou o argentino dentro da área. Foi então que Vargas converteu a penalidade e fez 1 a 0 para o time alvinegro.

Depois de levar o gol, António Oliveira sacou Marcinho e Terans do banco, mas não surtiu efeito. Vargas cruzou para o jovem Neto, de apenas 18 anos, mandar um chutaço de primeira e fazer 2 a 0. No lance, a bola desvia em Pedro Henrique e engana Bento.

O Athletico ainda tentou diminuir, mas Renato Kayzer parou na boa defesa de Everson. Já nos minutos finais, Vargas recebeu o segundo amarelo e foi expulso.

Situação do campeonato

Com três pontos somados, o time mineiro cola no Palmeiras e fica a um ponto do líder, com 31. Já o paranaense cai para a sexta posição, com 23.

O cara: Vargas

O chileno chamou a responsabilidade, converteu o pênalti sofrido por Nacho, e abriu o placar para os donos da casa. Não satisfeito, ele ainda cruzou na medida para Neto marcar o segundo do time mineiro. Em 18 jogos na temporada, o camisa 10 mandou seis bolas para a rede e contribuiu com duas assistências. É verdade que ele foi expulso de forma infantil já no final da partida, mas não comprometeu o resultado.

Foi mal: Richard

O volante, que pertence ao Corinthians, foi driblado por Nacho Fernández e com uma cotovelada derrubou o argentino dentro da área no lance que originou o primeiro gol do Atlético-MG. Antes disso, ele já tinha participado de uma jogada inusitada quando tentou dar um carrinho para tirar a bola e quase marcou contra.

Galo iguala recorde

O Atlético chegou a sua sétima vitória seguida na competição e igualou o recorde de 2012, também conquistado sob o comando de Cuca. Além disso, o time está invicto há 10 jogos, contando com a vitória sobre o Bahia pela Copa do Brasil e com os dois empates com o Boca Juniors pela Conmebol Libertadores.

Próximos jogos

As duas equipes voltam a campo na quarta-feira (4) para o jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. O Furacão visita o Atlético-GO, às 19h15, no Antônio Accioly. Já o Galo enfrenta o Bahia, às 21h30, no Joia da Princesa, em Feira de Santana.

Os time mineiro venceu a primeira partida por 2 a 0 no Mineirão e pode até perder por um gol de diferença para avançar. Já o paranaense, joga pelo empate depois do triunfo por 2 a 1 na Arena da Baixada.

Ficha técnica

Atlético-MG 2 x 0 Athletico-PR

GOLS: Vargas (14' do 2ºT) e Neto (23' do 2ºT)

ATLÉTICO-MG: Everson; Mariano, Nathan Silva, Alonso e Dodô (Calebe); Allan (Hyoran), Tchê Tchê (Vargas), Zaracho e Nacho; Sasha (Réver) e Savarino. Técnico: Cuquinha (Interino)

ATHLETICO-PR: Bento; Khellven (Marcinho), Pedro Henrique, Thiago Heleno e Nicolas; Richard (Erick), Léo Cittadini, Fernando Canesin (Chirstian) e Jadson (Terans); Carlos Eduardo (Jaderson) e Renato Kayser. Técnico: António Oliveira