<
>

Brasileiro: São Paulo e Palmeiras empatam por 0 a 0; VAR anula dois gols e um pênalti do time tricolor

São Paulo e Palmeiras empataram por 0 a 0, neste sábado, no Morumbi, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, em uma partida recheada de polêmica.

O Tricolor foi claramente superior, mas teve um pênalti e dois gols anulados após análises do árbitro Luiz Flávio de Oliveira no VAR (veja mais abaixo).

Após a anulação do 2º gol, aliás, o meia Rigoni ficou tão irritado que ofendeu o juiz e levou cartão vermelho direto.

O resultado acaba sendo melhor para o Verdão, que soma um ponto fora de casa e se mantém com vantagem na ponta da Série A.

O São Paulo, por sua vez, até sai momentaneamente do Z-4, mas agora terá que "secar" rivais para não retornar para a degola.

O placar marcou o fim da longa série de vitórias do Alviverde na temporada e manteve o tabu do Tricolor sem perder para o adversário desde 2019.

Melhores momentos

Situação do campeonato

Com o resultado, o São Paulo vai a 12 pontos, sobe para o 16º lugar e dorme fora da zona do rebaixamento.

Já o Palmeiras sobre para 32 pontos e segue no posto do Brasileirão, tendo agora que "secar" os rivais para não ver aproximação.

O cara: Hernán Crespo

Mesmo com um time retalhado por desfalques, conseguiu fazer o São Paulo ser superior durante praticamente todo o jogo.

Com uma boa montagem de meio-campo e um ataque solto na frente, ele "dominou" o time de Abel Ferreira no Morumbi.

O treinador argentino voltou a mostrar que tem muitos recusos e que tem seu elenco nas mãos.

No 2º tempo, até demorou um pouco para fazer substituições, mas até por falta de opções no banco de reservas.

Foi mal: Felipe Melo

No início da partida, sofreu muito com Marquinhos, que ganhou todas na velocidade em cima do Pitbull.

Cometeu erro feio no lance do pênalti marcado (e depois anulado) a favor do São Paulo,

Depois até conseguiu melhorar seu posicionamento, mas, no geral, fez uma partida muito ruim.

Vai dando cada vez mais razão ao Palmeiras em não renovar seu contrato para 2022.

Gol anulado pelo VAR

No 1º tempo, Rigoni marcou para o São Paulo, mas seu gol foi anulado pelo VAR por impedimento. Acerto da arbitragem.

Pênalti anulado com VAR

Um dos lances mais polêmicos da partida foi a anulação do pênalti marcado para o São Paulo no 1º tempo.

O árbitro Luiz Flávio de Oliveira inicialmente assinalou penalidade de Gustavo Gómez em cima de Marquinhos.

No entanto, após revisar o lance no VAR, ele mudou de ideia e cancelou a marcação, para revolta dos tricolores e alívio dos alviverdes.

Outro gol anulado pelo VAR

O lance mais polêmico do Choque-Rei aconteceu já nos minutos finais do clássico, no Morumbi.

Após cruzamento de Reinaldo para a área, Patrick de Paula desviou, Gustavo Gómez resvalou e a bola morreu no fundo das redes de Weverton.

No entanto, o VAR pediu revisão, e Luiz Flávio de Oliveira viu interferência de Miranda (que estava impedido) na jogada, anulando o tento.

Próximos jogos

O São Paulo volta a campo nesta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), contra o Vasco, pela Copa do Brasil.

O Palmeiras, por sua vez, joga só no próximo sábado, às 21h, contra o Fortaleza, pelo Campeonato Brasileiro.

Ficha técnica

São Paulo 0 x 0 Palmeiras

GOLS: Nenhum

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Igor Vinícius, Miranda, Léo Pelé e Reinaldo; Liziero, Rodrigo Nestor (Talles Costa), Igor Gomes e Gabriel Sara; Rigoni e Marquinhos (Rojas) Técnico: Hernán Crespo

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Felipe Melo, Gustavo Gómez e Renan; Danilo (Patrick de Paula), Zé Rafael, Raphael Veiga e Gustavo Scarpa (Gabriel Veron); Wesley (Breno Lopes) e Deyverson (Willian) Técnico: Abel Ferreira