<
>

Copa do Brasil: Fortaleza domina o Ceará, faz 3 a 0 em Clássico-Rei histórico e avança às oitavas

O Fortaleza está nas oitavas de final da Copa do Brasil. E a classificação veio com muita autoridade. Após o 1 a 1 na partida de ida, o Leão não tomou conhecimento do Ceará e fez 3 a 0 no Clássico-Rei decisivo.

Juan Pablo Vojvoda segue invicto no comando do Leão. Em nove jogos até aqui, sete vitórias e dois empates. Além disso, são 31 gols marcados e apenas quatro sofridos.

Após vitórias contundentes contra Atlético-MG e Internacional, pelo Brasileirão, o argentino mostrou a boa fase do time no Clássico-Rei pelo torneio nacional.

Na primeira etapa, aos 21 minutos, Felipe aproveitou sobra na área e abriu o placar. Aos 44, David aproveitou recuou ruim de Charles para Richard e ampliou.

Na etapa final, o atacante fez o seu segundo na partida, o terceiro do Leão. Pikachu serviu David, que bateu sem chance para Richard.

Situação do campeonato

Na primeira edição de Clássico-Rei da história da Copa do Brasil, melhor para o Fortaleza. O Leão despachou o Ceará, avançou às oitavas e embolsou R$ 2,7 milhões.

O cara: David

O veloz atacante apareceu bem no final da primeira etapa para ampliar a vantagem do Fortaleza na partida. Poucos minutos depois, ainda colocou uma bola na trave.

Na etapa final, aos 22, fez o terceiro do Leão e matou a classificação para as oitavas de final.

Foi mal: zaga do Ceará

Sem Luiz Otávio e Messias, o Ceará mostrou que não tem substituto à altura para a boa dupla. Com grande dificuldades em parar o ataque do Fortaleza, viu o rival sobrar na partida e vencer por 3 a 0.

Próximos jogos

As duas equipes voltam a campo neste final de semana, pela 3ª rodada do Campeonato Brasileiro.

No domingo, o Ceará visita a Chapecoense, às 20h30 (de Brasília). Também no domingo, o Fortaleza recebe o Sport, às 20h30.

Ficha técnica

Ceará 0 x 3 Fortaleza

GOLS: Fortaleza: Felipe e David (2x)

CEARÁ: Richard; Buiu, Klaus, Jordan e Bruno Pacheco; Fernando Sobral, Charles (Geovane) e Vina (Jorginho); Saulo Mineiro (Lima), Rick (Yony González) e Cléber (Felipe Vizeu). Técnico: Guto Ferreira

FORTALEZA: Felipe Alves; Tinga, Titi e Matheus Jussa (Bruno Melo); Yago Pikachu, Felipe, Ederson, Lucas Crispim (Luiz Henrique) e Matheus Vargas (Ronald); David (Romarinho) e Wellington Paulista (Robson). Técnico: Juan Vojvoda