<
>

Eurocopa: lista dos principais jovens talentos inclui Eric Garcia, Nuno Mendes, Marcus Thuram e outros

play
'Rachão' da Holanda termina com travessão impedindo golaço absurdo e chance 'ridícula' perdida no rebote (0:36)

Via Twitter @OnsOranje | Luuk de Jong quase marcou um lindo gol no treino de sua seleção (0:36)

A Eurocopa 2020 começa com atraso nessa sexta-feira e têm muitos talentos em cartaz nas 24 equipes envolvidas na competição. Todos já conhecem Kylian Mbappe (França), Phil Foden (Inglaterra) e João Félix (Portugal), mas quem são alguns dos outros jovens jogadores a serem observados? O olheiro de futebol norueguês Tor-Kristian Karlsen examina alguns dos melhores jogadores com 23 anos ou menos.

Alessandro Bastoni (22 anos, zagueiro, Itália e Inter de Milão)

Bastoni desempenhou um papel vital na campanha da Inter para conquistar a Série A, mas ainda é relativamente inexperiente a nível internacional, com apenas cinco participações até o momento. Um zagueiro inteligente, que consegue acertar passes longos com precisão e raramente tenta carrinhos, pois prefere esperar que seu adversário faça o primeiro movimento.

Bastoni impressionou nas três posições da defesa de Antonio Conte na Inter, jogando principalmente no lado esquerdo do trio. Para a Itália, a presença do capitão Giorgio Chiellini (que também é canhoto) obviamente torna mais difícil para Bastoni conquistar uma vaga de titular se eles jogarem com apenas dois zagueiros, mas ele teve uma chance na vitória sobre a Bósnia em amistoso. Entretanto, considerando que Chiellini tem 36 anos, Bastoni não terá que esperar muito para ser promovido como seu sucessor natural.

Nuno Mendes (18 anos, lateral-esquerdo, Portugal e Sporting)

Formado no time de Portugal como um tradicional lateral-esquerdo, ele atua principalmente na lateral pelo Sporting, atual campeão do Campeonato Português, e vai competir com Raphael Guerreiro por uma vaga entre os titulares na Euro 2020. Um dos jogadores jovens mais interessantes da Europa, a energia e a resistência de Mendes fazem dele uma ameaça durante todo o jogo e ele defende com atenção e empenho enquanto também é uma verdadeira ameaça no ataque. Sua movimentação de bola na fase de transição pode dificultar a vida dos adversários, e ele certamente será observado por todas as potências europeias.

Jeremy Doku (19 anos, atacante, Bélgica e Rennes)

O ponta, que joga predominantemente pela direita, integra o elenco da Bélgica no final de uma impressionante temporada de estreia do Rennes na Ligue 1. Com seu estilo objetivo e imprevisível, ele encara os defensores (com média de oito dribles por partida, dos quais 60% são bem sucedidos) e é extremamente difícil de saber o que ele vai fazer no um contra um. Doku é muito rápido, muda de ritmo de uma hora pra outra e é um ótimo finalizador. Um verdadeiro deleite para os fãs, ele pode um grande trunfo na competição saindo do banco.

play
0:36

'Rachão' da Holanda termina com travessão impedindo golaço absurdo e chance 'ridícula' perdida no rebote

Via Twitter @OnsOranje | Luuk de Jong quase marcou um lindo gol no treino de sua seleção

Eric Garcia (20 anos, zagueiro, Espanha e Barcelona)

Garcia surgiu de repente (alguns diriam que prematuramente) como o homem a quem se pode recorrer para resolver os problemas defensivos tanto da Espanha como do Barcelona - uma tarefa assustadora para um jogador de 20 anos com apenas 11 jogos da Premier League em sua carreira profissional até hoje. Formado na academia La Masia do Barcelona, que passou a última parte de seus anos de formação com Pep Guardiola no Manchester City antes de retornar ao Camp Nou em uma transferência sem custos ao fim da temporada.

Garcia é um zagueiro habilidoso com a bola nos pés. Com uma precisão no passe dentro da faixa dos 90%, ele está acostumado a armar pela parte de trás, sabe fugir da pressão e sabe como iniciar um ataque. Por todas as suas capacidades no campo, ele também se sai bem em jogadas aéreas.

Marcus Thuram (23 anos, atacante, França e Borussia Monchengladbach)

O filho da lenda francesa Lilian Thuram, aos 23 anos, é um atacante versátil que pode agregar valor no ataque, particularmente pela ponta-esquerda. Ele é excelente na bola aérea (no ataque ou defensa), sabe se posicionar no último terço do campo e tende a acelerar o ritmo do jogo, já que ele dá poucos toques. Embora Thuram prefira jogar bem à esquerda no ataque, ele se sente confortável em qualquer papel na frente, inclusive como centroavante.

Adam Hlozek (18 anos, atacante, República Tcheca e Sparta Praga)

Uma joia da nova geração tcheca que já está envolvido na equipe profissional do Sparta há vários anos, ele marcou em sua estreia aos 16 anos de idade. Seu desenvolvimento tem sido positivo e gradual, mas desde que se recuperou de uma lesão durante a temporada, ele conseguiu melhorar ainda mais, anotando 11 gols em 12 jogos do campeonato.

O talento de Hlozek não é segredo para os principais clubes europeus e ele tem sido monitorado de perto por anos, mas uma exibição impressionante na Euro pode significar que uma proposta de mais de 20 milhões de euros chegue. Forte fisicamente, atlético e com faro de gol e chuta bem com as duas pernas. Além de ser muito bom dentro da área, ele também é muito bom fora dela.

play
1:27

Rodrigo Bueno chama Giroud, um dos maiores artilheiros da França, de 'Huntelaar francês'

'Ser centroavante de um time como a França, é claro que você vai ter uma média alta de gols', disse o comentarista no #FutMundo

Teun Koopmeiners (23 anos, meio-campo, Holanda e AZ)

Regular nos relatórios de olheiros de alguns dos grandes clubes europeus, Koopmeiners é um meio-campista defensivo inteligente e combativo, com a habilidade de acertar lançamentos com precisão, assim como quebra linhas de defesa com passes curtos e brilhantes. O holandês tem o mesmo estilo que Andrea Pirlo e pode identificar movimentos sobre os adversários graças a sua excelente visão de jogo.

Eljif Elmas (21 anos, meio-campo, Macedônia do Norte e Napoli)

Mesmo novo, Elmas já tem 27 partidas pela seleção principal de seu país e se sente à vontade para jogar como ponta ou meia-atacante central. Um meio-campista forte, trabalha bem com as duas pernas, sabe chegar dentro da área e finaliza como poucos quando chega pelos lados ou pega sobras da defesa adversária. Ele marcou o gol vencedor na famosa vitória por 2x1 contra a Alemanha em março.

Donyell Malen (22 anos, atacante, Holanda e PSV)

Usado principalmente como centroavante para o PSV, ele tem uma média de um gol a cada outro jogo na Eredivisie, mas espera-se que Malen apareça na ala esquerda da Holanda na Eurocopa. Um atacante rápido que sabe se posicionar dentro da área, tem um chute forte de pé direito e para ele um toque já é suficiente para resolver. Animado, ativo e um verdadeiro desafio para os defensores, independentemente da posição, suas comemorações discretas podem fazer pensar que ele só marca gols de consolação.

play
1:00

Zagueiros Nathan Aké e De Vrij mostram talento no piano na concentração da seleção holandesa

Via @OnsOranje | A dupla do setor defensivo da Holanda 'duelou' antes da estreia da seleção na Eurocopa

Ilya Zabarnyi (18 anos, zagueiro, Ucrânia e Dínamo de Kiev)

Apesar de ter jogado apenas 20 jogos da liga profissional, Zabarnyi foi rapidamente convocado pela seleção sub-21 da Ucrânia e surgiu como a principal promessa defensiva do país. O zagueiro de 1,88m tem todas as características de um zagueiro moderno: é calmo com a bola, muitas vezes inicia as jogadas ofensivas encontrando um meio-campista, é bom em bolas aéreas e tem agilidade suficiente para se manter no jogo diante de adversários rápidos. Ele teve um bom desempenho durante a última rodada das eliminatórias para a Copa do Mundo, em março, e espera-se que também receba oportunidades frequentes na Euro 2020.

play
0:09

Cristiano Ronaldo dá chute de 'Cristiano Ronaldo', acaba com goleiro e faz golaço durante aquecimento de Portugal

Atacante 'aprontou' das suas antes do amistoso contra Israel - via @portugal