<
>

Copa do Brasil: Grêmio vence Brasiliense por 2 a 0 no jogo de ida da 3ª fase; goleiro Sucuri se destaca

Mesmo muito desfalcado por COVID-19, lesões e convocações, o Grêmio venceu o Brasiliense por 2 a 0, nesta quarta-feira, na Arena do Grêmio, pelo jogo de ida da 3ª fase da Copa do Brasil.

O atacante Ricardinho abriu o placar para o Imortal no 1º tempo. Na etapa complementar, ele deu assistência para Jean Pyerre fazer o 2º.

Com o resultado, o time de Tiago Nunes (que foi comandado interinamente pelo analista de desempenho Pedro Sotero) praticamente encaminha uma vaga nas oitavas.

Vale destacar que o Grêmio poderia ter conquistado uma vitória com placar bem mais elástico se não fosse a atuação do goleiro Edmar Sucuri.

Apesar de ter falhado no 2º gol, o arqueiro do Brasiliense fez várias defesas espetaculares e evitou uma goleada do Imortal.

Quem mais sofreu com ele foi o bom atacante Jhonata Robert, que criou diversas ocasiões de gol, mas foi barrado pelos braços de Sucuri.

Situação do campeonato

Com o resultado, o Grêmio fica bastante tranquilo para o jogo de volta, que será no Distrito Federal.

O time gaúcho depende apenas de um empate na volta para avançar às oitavas de Copa do Brasil.

A classificação tricolor ainda vem até se o Imortal perder por um gol de diferença no 2º duelo.

O Brasiliense, por sua vez, terá que buscar um triunfo por três de vantagem se quiser ficar com a vaga.

O cara: Ricardinho

O prata-da-casa vem tendo a difícil missão de substituir o matador Diego Souza, e a impressão está sendo das melhores.

Com ótima movimentação no ataque e muita disposição, o atleta de 20 anos foi o destaque da linha de frente tricolor.

Ele abriu o placar nos minutos finais do 1º tempo, em uma autêntica finalização de centroavante.

Depois, no início da 2ª etapa, deu a assistência para Jean Pyerre ampliar a conta em Porto Alegre.

Foi mal: Zé Love

Completamente isolado no ataque do Brasiliense, foi presa fácil para Geromel e Kannemann.

O centroavante chegou ao jogo com ótimos números na temporada (11 gols em 12 jogos), mas passou em branco nesta quarta-feira.

Ele pouco relou na bola e, quando teve a posse da redonda, foi facilmente neutralizado pela defesa gremista.

Ainda levou um cartão amarelo por excesso de reclamação. Uma tarde que Zé Love certamente vai preferir esquecer...

O gol mais perdido do ano

Apesar de ter feito uma boa partida, Ricardinho também conseguiu perder o gol mais inacreditável de 2021.

É ver para crer...

Sucuri tem braço?

Apesar de ter falhado na reposição de bola do 2º gol gremista, o arqueiro do Brasiliense teve boa atuação nesta quarta.

Ele travou um duelo espetacular com o atacante Jhonata Robert, que foi parado por suas defesas.

Uma das melhores saiu no 1º tempo, quando ele espalmou de forma maravilhosa uma bomba do jovem tricolor.

Geromel ficou no chão!

Apesar da derrota, o Brasiliense conseguiu criar alguns bons lances de ataque na partida.

O principal deles veio com o meia-atacante Luquinhas, que deixou Geromel sentado antes de finalizar para defesa de Paulo Victor.

O zagueirão gremista está procurando o habilidoso atleta até agora!

Próximos jogos

Com o jogo contra o Flamengo, pelo Brasileirão, adiado, o Grêmio volta a campo só no dia 10, justamente contra o Brasiliense, pela volta da Copa do Brasil.

Já o Jacaré entra em campo neste sábado, às 15h (de Brasília), contra o Goianésia, pela Série D.

Ficha técnica

Grêmio 2 x 0 Brasiliense

GOLS: Grêmio: Ricardinho [43'] e Jean Pyerre [48']

GRÊMIO: Paulo Victor; Vanderlan, Geromel, Kannemann e Cortez; Thiago Santos, Lucas Silva (Victor Bobsin) e Jean Pyerre; Jhonata Robert (Guilherme Azevedo), Léo Chú (Léo Pereira) e Ricardinho (Churín) Técnico: Pedro Sotero (interino)

BRASILIENSE: Edmar Sucuri; Diogo, Badhuga, Gustavo Henrique e Weverton Goduxo (Wagner Balotelli); Lídio, Sandy, Didira (Zotti), Peninha (Jorge Henrique) e Luquinhas (Milton Júnior); Zé Love (Romarinho) Técnico: Vilson Tadei