<
>

Chelsea: Tuchel e Thiago Silva vão à 2ª final da Champions e veem ex-clube PSG ficar pelo caminho

play
City x Chelsea: quem é favorito ao título da Champions League? Leonardo Bertozzi opina (1:01)

Ingleses farão a grande final da competição nesta temporada (1:01)

A noite desta quarta-feira (5) em Londres é uma criança para quem torce ou joga pelo Chelsea. Ao vencer o Real Madrid por 2 a 0, em Stamford Bridge, o clube inglês confirmou a vaga na decisão da Champions League. A final será em 29 de maio, em Istambul, contra o Manchester City.

Entre os milhares alucinados com o feito dos Blues, dois têm um sabor ainda mais especial: Thiago Silva e Thomas Tuchel, que chegaram a Londres após serem "renegados" pelo Paris Saint-Germain. Juntos, eles chegam à segunda final seguida, enquanto o ex-clube ficou pelo caminho.

O zagueiro brasileiro era o capitão do PSG na decisão da temporada 2019/20, quando o time francês perdeu por 1 a 0 para o Bayern de Munique, gol de Coman, e viu adiado o sonho de conquistar a Europa pela primeira vez.

Thiago Silva jogou a reta final daquela Champions já sabendo que não renovaria com o PSG. A diretoria deixou clara a intenção de não estender o contrato do defensor, que já demonstrou, em várias entrevistas recentes, a mágoa com a maneira na qual foi tratado pelo clube.

Tuchel era o técnico do PSG na temporada passada, um ano que só não foi perfeito por causa da perda da Champions. Os demais títulos todos acabaram na sala de troféus do time de Paris. Mas nem isso foi suficiente para mantê-lo por muito mais tempo.

O treinador alemão acabou demitido na véspera do Natal de 2020, surpreendentemente um dia após uma goleada por 4 a 0 sobre o Strasbourg pelo Campeonato Francês. Um mês depois, Tuchel desembarcou em Londres para assumir o lugar de Frank Lampard no Chelsea.

O trabalho em Stamford Bridge até agora é bastante frutífero: 16 vitórias, seis empates e apenas duas derrotas, com duas classificações a finais, primeiro da Copa da Inglaterra, depois da Champions League. Na Premier League, o time luta para se estabelecer no G-4.